Visita temática ao Japão – Fevereiro 2020

post 8-11 imagem 1

Neste blogue temos publicado informações a respeito do desenvolvimento dos nossos programas de visitas culturais e temáticas ao Japão, numa óptica de “estudos japoneses in situ”. Lançamos agora uma oportunidade para os nossos leitores, que apenas estará disponível por um reduzido período de tempo.

O tema desta visita ao Japão é o património histórico-cultural relacionado com a presença portuguesa e com forte componente da história e evolução do cristianismo naquele país. Contudo, e pensando nas preferências daqueles que nos têm procurado para esclarecer as suas dúvidas, também não descurámos a componente de fruição dos outros aspectos da cultura japonesa e até da génese das comunidades que, não sendo japonesas de origem, contribuíram para o Japão como ele é hoje. Assim, na proposta que podem ver em seguida, apresentamos uma criação original e única, que não tem realmente nenhum equivalente em Portugal, e que criámos com muito carinho especialmente para o público português.

Esta visita temática ao Japão foi marcada para estas datas, de 30 de Janeiro a 12 de Fevereiro, para que a passagem pela cidade de Nagasaki coincidisse exactamente com o aniversário do evento dos 26 Mártires (iremos visitar o local do martírio, o Mural Comemorativo, o Museu e a Igreja), já que o mesmo ocorreu a 5 de Fevereiro de 1597. Também tivemos em consideração o facto de estar a decorrer o Festival das Lanternas, um evento muito importante no calendário de festivais tradicionais japoneses, e que tem lugar nesta cidade logo após o Ano Novo Chinês. Assim, os viajantes poderão compreender, em contexto imersivo, o que aliás caracteriza as nossas propostas, como é múltipla a identidade específica desta cidade, e como é extremamente interessante a forma integrada como essa pluralidade tem sido gerida pelas respectivas comunidades.

 

post 8-11 imagem 2

Pedimos a vossa compreensão para o facto de não podermos colocar aqui neste blogue detalhes muito precisos acerca desta oportunidade, o que se prende com a necessidade de protegermos os nossos direitos autorais. Infelizmente já nos aconteceu ver as nossas propostas, aqui publicadas em primeira mão, e que resultaram de um processo de investigação muito demorado e laborioso, indevidamente apropriadas por terceiros, que com fins ilícitos as furtaram e com grande prejuízo para a nossa parte as comercializaram, sem justo conhecimento dos seus conteúdos originais. O maior dano dessas acções é naturalmente para aqueles que, inadvertidamente, se encontram em primeiro lugar com fontes não autorizadas de divulgação dos conteúdos que são originais e exclusivos deste projecto cultural, e isso entristece-nos enormemente.

Consulte o PDF no link abaixo indicado:

>>>>>>>>>>>>Apresentação da Oportunidade de Visita no Japão – Fevreiro de 2020 – Condições e Itinerário <<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

Se desejar saber mais detalhes do que aqueles que são aqui apresentados, poderá contactar por email: umlongoveraonojapao@gmail.com

post 8-11 imagem 3

A visita temática ao Japão irá realizar-se entre 30 de Janeiro e 12 de Fevereiro de 2020.

Trata-se assim de um período de viagem de 14 dias.

 

Vamos passar por Nagasaki e saber tudo sobre a presença portuguesa nessa emblemática cidade portuária, bem como o impacto que o cristianismo teve na região;

 Vamos explorar a antiga capital imperial como nunca a viram, como nem a maior parte dos japoneses a conhece, percorrendo 2000 anos de história em 24 horas;

Vamos conhecer o que a UNESCO classificou como Património Mundial da Humanidade, e de várias formas, já que vamos visitar (castelos e templos), provar (gastronomia), caminhar (montanhas), e viver (festivais);

Vamos habitar espaços que constituem a cultura viva do povo nipónico, dormindo em ryokan e mergulhando em águas termais;

Vamos conhecer pessoalmente as pessoas que vivem no Japão de modos tão tradicionais e tão alternativos, que são do Japão e do mundo, e ouvir as suas realidades, de uma e de mil gerações;

Vamos perder os sentidos nos néons das ruas movimentadas, como em Osaka, e apurar os sentidos na serenidade dos salões de chá , como em (não dizemos, venham descobrir…).

 

Apenas poderemos realizar esta ideia que muito estimamos e que preparámos com todo o cuidado se nos apresentarem alunos/viajantes na quantidade exacta de 4 pessoas para a constituição deste grupo. Não se tratando de venda de produto ou serviço não podemos marcar o que é necessário junto dos nossos parceiros japoneses se for de outro modo. Se uma pessoa, individualmente, desejar realizar esta visita temática, deverá contactar-nos e também procurar reunir outras 3 pessoas que com ela/ele viajem, já que o nosso programa cultural e pedagógico não pode activamente recrutar viajantes e não pode ceder a prestação do serviço senão a um grupo de 4 pessoas previamente constituído.

post 8-11 imagem 5

Vamos caminhar muito, aceitamos todos os que quiserem aderir a esta proposta mas devem assegurar que têm condições físicas para acompanhar os habituais 10+ km diários.

Vamos estar entre japoneses, de perto, por isso não existirá tolerância para desrespeito das convenções de sociabilidade ou para comportamentos abusivos, nem tão pouco para a violação das leis do país ou do local (incluindo estabelecimentos e alojamentos).

Menores de idade deverão necessariamente fazer-se acompanhar por um adulto que seja por eles responsável.

Este programa de visita temática não está disponível para agências de viagens ou para pessoas que, habilitadas ou não para tal, venham a procurar “vender” ou “revender”, “guiar” ou “liderar” o nosso programa de visita temática.

Os viajantes deverão compreender que se trata, acima de tudo, de uma visita na perspectiva da aprendizagem, da imersão cultural, dos estudos japoneses, e do respeito pelos parceiros japoneses que confiam em nós para nos receber no Japão.

post 8-11 imagem 4

 

orçamento de despesas com esta viagem, para cada um dos viajantes, não ultrapassa os 2000 euros.

Essa perspectiva de despesas incluí : alojamento, pequenos-almoços, transportes, guias locais, experiências e visitas em observância do itinerário, uso de rede wifi e transferes de/para o aeroporto.

Dentro dessa perspectiva de despesas considerámos condições de alojamento muito superiores ao que temos visto que habitualmente se apresenta disponível àqueles que desejam visitar o Japão, já que nos foi possível assegurar alojamento em quartos individuais com WC e duche privado.

À excepção da pernoita em Ryokan, que é um alojamento tradicional japonês no qual os hóspedes dormem comunalmente, cada um no seu futon, mas todos no mesmo grande salão com pavimento em tatami, todos os outros dias o alojamento é nas condições acima indicada: quarto privado, WC privado, pequeno almoço assegurado. 

post 8-11 imagem 6

Esclarecemos desde já que as acções deste projecto cultural e pedagógico não têm fins lucrativos, pelo que não estamos a vender nenhum produto e serviço. Um programa de visita ao Japão, e que incluí naturalmente alojamento, transportes, uso de redes de comunicação, entrada em museus, e compensação para guias locais, acarreta necessariamente custos. Contudo, aquilo que aqui se disponibiliza é realmente sem fins lucrativos. Não revendemos esses custos, não somamos benefício, nem emitimos recibo, pelo simples facto de não estar em causa acção de venda comercial, nem de viagens nem de produtos turísticos. Gostaríamos que os nossos leitores compreendessem que os valores apresentados se destinam somente a cobrir despesas inerentes à execução das propostas, e não constituem “pagamento” de coisa alguma. Se, a devido momento, considerarem dar alguma coisa para a continuidade do funcionamento das acções beneméritas deste projecto cultural e pedagógico, que vive e sempre viveu de voluntariado e dedicação abnegada, agradeceremos muito o donativo, mas o mesmo não é um requisito.

A única prestação de serviço associada a este programa, sendo essa uma actividade profissional da autora da ideia e dos conteúdos específicos do itinerário, é a prestação do serviço de consultoria especializada para o planeamento de viagem e autoria de experiências de turismo imersivo. Esse serviço encontra-se disponível para o público geral e a autora cedeu ao mesmo custo-base do público geral para este Projecto Cultural e Pedagógico. O custo da prestação de serviço em questão é portanto o mesmo para qualquer pessoa que procure um programa temático específico, e portanto também para quem desejar este programa temático específico. O custo da prestação desse serviço é 300 euros+IVA (para solicitação de recibo), mas a autora apresenta-o à disponibilidade daqueles que o encomendem através deste Projecto Cultural e Pedagógico com um valor bonificado de 200 euros+IVA até 17 de Dezembro. O valor bonificado não está disponível após 17 de Dezembro.