Natal ecológico, com uma ajudinha do Japão

Todos os anos é a mesma coisa: os embrulhos dos presentes representam muito desperdício de papel, fitas e autocolantes. Primeiro, é uma despesa extra, depois é um lixo incómodo, e quase sempre são materiais que não resultam de reaproveitamento nem sequer são recicláveis. Não acha que pode haver uma alternativa melhor?

furoshiki workshops novembro 2019

Usamos a inspiração do Japão para propor uma solução para isso. A resposta é o Furoshiki, um conjunto de técnicas baseadas na arte tradicional japonesa de criar embrulhos em tecido.

Venha aprender sobre o Furoshiki e passe a integrá-lo na sua vida, e não é só para o Natal!

Próximos Workshops:

Dias 9 e 23 de Novembro, na Chronospaper, em Coimbra.

Se deseja participar submeta este formulário de pedido de inscrição.

As vantagens de fazer parte da CCILJ

No âmbito da colaboração que estabelecemos com a Câmara de Comércio e Indústria Luso Japonesa, temos já divulgado várias oportunidades e formações aqui neste blog e também presencialmente, através dos eventos que organizamos. Contudo, desde este Verão que também formalizámos a colaboração ao nível da consultoria especializada para o planeamento de viagens e experiências imersivas no Japão.

Temos então o prazer de dar a conhecer aos nossos leitores o teor dos Termos de Parceria, tal e qual como foram apresentados e aprovados pela CCILJ. Se é Associado ou se considera vir a tornar-se Associado, pode contar connosco!

Clique AQUI para aceder ao documento em PDF

A aprovação foi-nos comunicada nos seguintes termos, que aqui transcrevemos:

” Muito agradecemos o envio do seu Termo de Parceria a celebrar com a CCILJ que foi devidamente analisado e aprovado pela nossa DirecçãoIremos dar início a divulgação/promoção da nossa parceria nos meios de comunicação logo que possível e, enquanto Associada individual passará a constar como consultora especializada para criação de itinerários/planeamento de viagens para o Japão. “

A. Brizido

Cargo: Secretário/a Geral da Câmara de Comércio e Indústria Luso Japonesa

Data: 24 de Julho de 2019

 

Viagem para as ilhas Goto

Foi hoje publicado no canal de Youtube associado a este Projecto Cultural e Pedagógico o primeiro vídeo (vlog) sobre o tour nas ilhas Goto. Veja o vídeo também aqui:

Dando seguimento a este post no nosso blog , no qual apresentámos a empresa japonesa Wondertrunk & Co que estava a receber da nossa parte o serviço de consultoria especializada,  podemos agora dizer-vos mais sobre os tours culturais e percursos de peregrinação na região de Nagasaki e nas ilhas Goto.

A equipa da Wondertrunk a cargo deste projecto recebe apoios tanto de privados como do Estado japonês, e nomeadamente da Prefeitura de Nagasaki, para vir a criar tours que contribuam para o desenvolvimento sustentável da região, com ênfase no património cultural local e relação próxima com as comunidades que ali habitam. Por esse motivo, e considerando que nos identificamos bastante com esse ponto de vista, aliámos forças e estamos desde 2017 a colaborar em regime de consultoria com a Wondertrunk, num acordo que não passa pelos fins lucrativos. Os nossos serviços são prestados em voluntariado, com o espírito de trabalho em equipa, e neste momento estendemos também os serviços de consultoria a representantes do ramo da animação turística que estão sediados no Japão, Estados Unidos, e Itália. Os representantes dessas empresas, os quais estiveram presentes neste tour de teste em Goto, aparecem no vídeo acima.

69391551_995464754137807_5618738734171160576_n.jpg

Foto em cima: representantes da Wondertrunk & Co e dos seus clientes internacionais, gerente do restaurante Tao Flat (o restaurante no glamping site da Nordisk Village), representante da agência de tours italiana, e eu própria. Local da Foto: glamping site Nordisk Village, na ilha Fukue (Goto).

69859111_1375323849281253_4949016795714420736_n.jpg

Foto em cima: num dos percursos em bus, esclarecendo pormenores do tour com o representante da agência italiana.

70451598_361776711397838_1654783519701860352_n.jpg

Foto em cima: no final do tour a equipa da Wondertrunk & Co promoveu um encontro com os residentes de Fukue, onde falámos sobre como desenvolver uma programação cultural e turística na região que os integre e respeite; e no final dessa sessão alguns dos convidados especiais posaram para esta foto. Podem ver aqui, para além dos que já foram apresentados no vídeo e nas fotos anteriores, também outras pessoas que escolheram Goto para viver embora não fossem originalmente dali. O input destas pessoas ajuda-nos muito a desenvolver tours que tenham interesse para os japoneses de outras partes do Japão e para o público internacional.

Em Portugal, mantemos o exclusivo da criação de programação cultural, itinerários de viagem temática e caminhos de peregrinação em Nagasaki/Goto, uma vez que a Wondertrunk & Co é uma empresa japonesa que regista internacionalmente os direitos dos seus tours. Por isso, ao abrigo da colaboração com a Wondertrunk, e mediante a negociação das contrapartidas pela prestação de serviço de consultoria especializada e suporte académico, retemos o direito de apresentação de tours com esta temática em Portugal, o que é supervisionado pela própria Prefeitura de Nagasaki/Estado Japonês.

No caso de Portugal, não se aplicam os financiamentos do Japão, e o Estado Português também não providencia apoio para a promoção da herança portuguesa no Japão, pelo que estes tours são oferecidos ao público geral mediante pagamento dos seus custos de execução.

Estamos disponíveis para esclarecer qualquer pedido por email: umlongoveraonojapao@gmail.com

(Devido ao facto de nos encontrarmos no Japão até ao fim de Outubro de 2019, em tours e trabalho, a resposta aos emails poderá ser feita apenas a partir de Novembro, pelo que pedimos desculpa pelo incómodo.)

 

 

 

 

Galos de Barcelos nas ruas de Nagasaki

(siga o link em baixo para ver o vídeo; ou veja no nosso canal youtube )

O tema “Legado da presença portuguesa no Japão” é um dos temas fundamentais deste projecto cultural e pedagógico desde a sua primeira iniciativa (a exposição de fotografia e vídeo “Um longo Verão no Japão”, em 2013), e foi já objecto de uma instalação na Casa das Artes Bissaya Barreto (como podem ver AQUI ). Mas em cada nova temporada de trabalho de campo há naturalmente mais dados, novas perspectivas, e uma melhor compreensão dos fenómenos em curso. Assim, partilhamos aqui neste vídeo – numa perspectiva de divulgação científica acessível ao público geral – um dos lugares de Nagasaki que se configurou recentemente como um pólo central nesta pesquisa. Para além do interesse académico, parece-nos que estes lugares têm também um grande potencial para contribuir para a formação, nomeadamente no âmbito dos Estudos Japoneses, e por isso estamos receptivos ao agendamento de visitas guiadas e outras oportunidades de visita orientada. Aficionados da história dos Descobrimentos Portugueses e da Expansão, fãs do Oriente, e curiosos sobre o Japão em geral, poderão assim fazer um périplo pelo país-do-sol-nascente que incluam estes e outros lugares (para além de Nagasaki), devidamente enquadrados em contexto histórico e com uma lógica de experiência culturalmente imersiva, isto é, fora do circuito comercial das agências de viagens e dando preferência à ligação com as comunidades locais. Aguardamos o vosso contacto por email para umlongoveraonojapao@gmail.com, para planeamento e consultoria especializada, com efeito no ano 2020.

 

 

 

Aprender com a prática

As experiências de turismo imersivo distinguem-se do “turismo” porque dão primazia à aprendizagem prática em contexto de imersão. Estamos acompanhados de japoneses e é através deles e em actividades integrativas que temos a experiência do Japão.

received_2405680886418528

Para além dessa missão, sempre presente quando estamos de visita ao país do sol nascente, também temos naturalmente de lidar com as circunstâncias habituais de estar sujeito ao clima. Assim, num dia particularmente chuvoso, e no qual foi necessário activar o “plano B”, visitámos um dos nossos recantos preferidos de Kyoto.

Neste espaço, que congrega vários artesãos locais e proporciona workshops guiados por especialistas, tivemos a oportunidade de usufruir de uma hora de formação sobre a história e usos dos incensos e outras preparações herbais na cultura milenar de Kyoto, e também nos foi possível praticar fazer essas mesmas artes sob uma amigável orientação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O resultado? Saquinhos de seda de kimono cujo interior guarda misturas aromáticas e medicinais, e que poderão ser usados entre 18 e 24 meses, tanto para conservar roupas e outros têxteis como para dar um bom odor a divisões domésticas.

Com o nosso programa de visita ao Japão e orientação na perspectiva do turismo imersivo, foi possível realizar este workshop sem marcação prévia (decidimos no próprio dia), por cerca de 20 euros por pessoa, sem tempo de espera, tendo ficado com o resultado final do mesmo para nosso “souvenir”.

received_643203889501533