Planos para o Verão

Ao longo deste ano lectivo temos recebido vários emails de pessoas que gostariam de integrar as aulas de língua japonesa ou que, contactando-nos em nome dos seus filhos, gostariam que estes tivessem aulas de iniciação. Contudo, estando o ano lectivo já a decorrer, torna-se impossível integrar estes alunos, especialmente porque se encontram no nível básico ou mesmo sem alguma vez terem tido aulas de japonês. Infelizmente apenas nos foi possível criar uma turma nova a meio do ano, que foi a de japonês intermédio, porque se constituiu um grupo com número suficiente de interessados (6 alunos) e que estavam todos aproximadamente no mesmo nível. Apesar disso, como não gostamos de desiludir ninguém, ficámos a pensar em como seria possível corresponder aos pedidos que recebemos.

Muitos desses pedidos eram de pessoas que não residem em Coimbra, por isso a marcação das aulas tinha de ter isso em conta (a deslocação, e eventualmente a coincidência com períodos de férias). Então, finalmente, conseguimos criar um modelo de curso intensivo que – esperamos – venha a corresponder às necessidades de tantas pessoas que anseiam por mergulhar na língua japonesa com o apoio de um professor especializado. Por vezes, sobretudo no caso dos mais novos, as “aventuras” na aprendizagem do japonês começam na manga/anime e em memorizar hiragana, katakana e algumas frases, mas sem a orientação de um professor não se consegue progredir muito, e frequentemente adquirem-se hábitos que são mesmo contraproducentes para vir a conhecer e usar bem a língua japonesa.

Neste curso intensivo pensámos especialmente naqueles que querem tirar o melhor partido do seu tempo, concentrando as aulas em blocos de três horas, todas no mesmo dia: aos sábados. Também pensámos que, ao fazer as aulas aos sábados à tarde, estas estariam acessíveis tanto aos que estão em férias escolares como aos trabalhadores.

A nossa sala de aula receberá bem qualquer aluno, de qualquer idade, porque as aulas serão conduzidas pela nossa professora que tem experiência neste tipo de turmas mistas e que é natural do Japão.

Mas não é por concentrarmos as aulas aos sábados que o resto da semana é inteiramente de “férias”, pois o que seria um curso intensivo sem orientação para estudo intensivo também? Esperamos que, com os módulos de tarefas e os materiais pedagógicos que vamos dar os alunos, possam progredir bastante de semana a semana. Aliás, podemos garantir que, para quem aproveitar ao máximo o que este curso tem para oferecer, poderemos integrá-los nas aulas regulares de língua japonesa já do próximo ano lectivo, a partir de Setembro. Por isso este não é só um curso intensivo, é a porta de entrada para o caminho, devidamente orientado, na aprendizagem completa da língua e cultura do Japão.

As aulas terão lugar todos os sábados de Julho: 7, 14, 21 e 28, das 15:30h às 18:30h, no Instituto Universitário Justiça e Paz (no pólo 1 da Universidade de Coimbra).

As inscrições estão abertas até dia 15 de Junho ou até que se esgotem as vagas disponíveis.

Para se inscrever, por favor envie email para umlongoveraonojapao@gmail.com com o assunto “curso intensivo” e indique o nome, idade, localidade de residência e número de pessoas que se desejam inscrever (e o nome, idade e local de residência de cada uma delas). Receberá, em resposta a esse email, a referência para transferência bancária. Solicitamos a contribuição de 120 euros por pessoa. Em seguida, deverá enviar para o email acima indicado um comprovativo de transferência (por exemplo foto de talão multibanco ou captura de ecrã da transferência online) para que possamos registar a/as inscrição/ões.

O valor acima indicado não é reembolsável, pois destina-se a ser usado imediatamente, designadamente para assegurar a disponibilidade da professora e também para cobrir o aluguer da sala durante os sábados do mês de Julho. A organização deste programa pedagógico é 100% voluntária e sem fins lucrativos.

Esperamos que seja possível abrir este curso, mas precisamos de reunir pelo menos cinco inscrições para o fazer. Por isso agradeço desde já o passa-palavra de todos aqueles que conhecem alguém que possa estar interessado. Vamos fazer deste Verão aqueles que todos vão recordar como uma verdadeira aventura japonesa!

Mostra de Sumi-e

exposiçao sumi-e 2-3-2018_banner

Exposição

Durante o mês de Março, na Cafetaria & Galeria do Instituto Universitário Justiça e Paz, poderá ver os trabalhos da professora e artista plástica Paula Walker, desde estudos a obras finais, e também alguns trabalhos dos alunos que têm aulas de sumi-e em Coimbra. Através desta exposição procuramos mostrar à comunidade académica e a todos os visitantes deste espaço o mundo do sumi-e de forma acessível e pedagógica.

Visitas Guiadas em 15 min.

Todas as sextas-feiras deste mês, das 16:15h às 16:30h, Paula Walker e também a curadora da exposição – Inês Matos – estarão disponíveis para responder a todas as suas questões e orientar a sua apreciação dos trabalhos expostos. Gratuito e sem necessidade de pré-inscrição.

Das tintas ao papel

centro de artes do papel 28 abril _ flyer para imprimir

A pintura sumi-e levou-nos a explorar mais o mundo dos pincéis, das tintas e do papel. Por isso planeamos vir a fazer um workshop muito especial dedicado à produção do próprio papel a partir dos seus elementos essenciais: fibras e água. Teremos o apoio do Jorge Valente, do Centro de Artes do Papel, que nos vai guiar numa tarde de genuína criação.

(todas as fotos pertencem a Centro de Artes do Papel)

Este workshop está também disponível para o público geral e portanto não é exclusivo para os nossos alunos de sumi-e, mas naturalmente apenas até preencher a totalidade das vagas disponíveis. Solicitamos a inscrição por email, do modo habitual, ficando a inscrição registada após comprovativo de pagamento. (Para saber a referência de pagamento por favor envie email para umlongoveraonojapao@gmail.com)

 

 

 

Jikiden Reiki

Jikiden Reiki abril 7 Filomena_ banner

No dia 7 de Abril, às 17h, recebemos a Sra. Filomena Gomes, membro da Associação Internacional de Jikiden Reiki. Esta sessão será uma conferência informal, onde o público é convidado a esclarecer as suas dúvidas sobre Jikiden Reiki e o seu papel na cultura japonesa.

Para participar nesta sessão solicitamos a sua colaboração através do donativo de 2 euros por pessoa, de modo a podermos compensar a deslocação da nossa convidada.

A sessão irá realizar-se na nossa sala habitual, no 1º andar do Instituto Universitário Justiça e Paz, no pólo 1 da Universidade de Coimbra. Não necessita de fazer pré-inscrição.

Clube de Leituras do Oriente em Lisboa

Depois da última sessão especial do Clube de Leituras do Oriente em Lisboa, que tratou dois livros de Shusaku Endo, preparamos agora uma outra sessão especial deste Clube em Lisboa, a qual decorrerá no dia 10 de Março, entre as 16h e as 18h.

Nesta sessão, dedicada ao livro “Pearl Harbor, Lisboa, Tóquio” de Morishima Morito, contamos com a presença de dois ilustres convidados: a tradutora Yuko Kase e o editor Paulo Ramos, principais responsáveis pela publicação desta notável obra em língua portuguesa.

Apesar de o Clube de Leituras do Oriente ser um evento gratuito quando decorre na sala que regularmente usamos (em Coimbra), neste caso necessitamos de pedir a contribuição de cinco euros por pessoa para cobrir as despesas de deslocação e de organização da sessão. Agradecemos a sua compreensão e colaboração.

Para assegurar o seu lugar poderá pedir inscrição antecipadamente por email: umlongoveraonojapao@gmail.com

A editora Ad Litteram disponibilizará livros para venda neste evento pelo que, se desejar fazer a inscrição já com o livro incluído, o valor será quinze euros (sendo o PVP do livro dez euros). Se desejar fazer o levantamento do livro no próprio dia mas ter a certeza que já se encontra reservado recomendamos que o solicite ao escrever-nos email.

Naturalmente, quem já tem/leu o livro poderá levar o seu exemplar para acompanhar as leituras.

Esta sessão irá ter lugar, excepcionalmente, no Canto das Letras, junto ao Departamento de Românicas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Por ser a um sábado à tarde e a instituição poder encontrar-se fechada, recomenda-se que a entrada seja feita como se mostra na figura.

FLL

(38°45’15.7″N  9°09’31.7″W)

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Alameda da Universidade, 1600-214 Lisboa

Transportes: Metro – estação da Cidade Universitária; Carris – 731, 735, 738, 755, 768

Cartaz oficial do evento:

Morishima morito - livro - clube de leituras - Lisboa - 2018 - CARTAZ

 

Origami Primavera Japonesa

27913098_863426317169355_5608250976958347373_o

Dia 14 de Abril (sábado), das 16h às 19h.

Sala do programa de estudos japoneses, no 1º andar do Instituto Universitário Justiça e Paz, no pólo 1 da Universidade de Coimbra.

Segundo workshop de origami funcional, ministrado por Ana Maio/ Indigo Paper Lab, para o programa de estudos japoneses “Um longo Verão no Japão”.

Esta formação em origami será sobretudo prática, visto que a sessão anterior já foi de formação elementar e apresentação dos materiais pedagógicos. Contudo, aceitamos inscrições também de quem não esteve presente na sessão anterior.

Para reservar o seu lugar por favor contacte por email:
umlongoveraonojapao@gmail.com

Evento adequado para toda a família, tendo em conta que as crianças deverão estar acompanhadas de um adulto por elas responsável e igualmente inscrito.

Solicita-se a contribuição de 10 euros por pessoa (8 euros para menores de idade) para a despesa da nossa convidada e os materiais a usar no workshop.

Neste workshop os alunos vão ser iniciados à arte de “hana tsutsumi”, literalmente “embrulhar flores”. Esta arte liga o origami ao ikebana (arranjo floral), já que o tema da sessão é a “primavera japonesa”.

Com efeito, é numa fonte documental sobre ikebana que se encontra uma das mais antigas descrições de hana tsutsumi. O livro Sendensho, publicado em 1445, explica como fazer embrulhos requintados de papel, de modo a entregar a oferta de flores de uma maneira que agrada à vista e lhes realça o significado.

Logo desde o início do período Muromachi (século XIV) começaram a criar-se formas específicas de dobrar papel para embrulhar flores, algumas delas fazendo alusão a borboletas ou até a outras flores, emulando os embrulhos cerimoniais de papel que eram usados nos rituais xintoístas. Portanto, a arte de “hana tsutsumi” é uma prática muito nobre no universo das expressões estéticas nipónicas e, tal como outras práticas, é uma via de contemplação da natureza e de auto-aperfeiçoamento através da criação de algo belo.

Esperamos que possa juntar-se a nós neste encontro dedicado à primavera!