Mais uma experiência exclusiva!

Desde que procurámos desenvolver o nosso programa de turismo imersivo, enquadrado num contexto de estudos japoneses mas aberto ao público geral, tem sido uma sucessão de momentos felizes. Felizmente, temos tido uma resposta muito positiva por parte das entidades japonesas, desde associações culturais a pequenas empresas de revitalização rural, passando por profissionais dos mais diversos sectores, da culinária à produção artística!

De modo muito sucinto, o que as nossas propostas de turismo imersivo procuram alcançar é levar o viajante que quer um mergulho cultural autêntico a encontrar aqueles que, no Japão, o podem proporcionar.

Mas temos ainda outros dois objectivos essenciais, que nunca podem ficar comprometidos: queremos que as experiências sejam acessíveis às condições médias do publico português (o que passa por exemplo por preços baixos ou mesmo sem custos), e queremos que a sua realização seja feita sem intermediários comerciais, de modo que o eventual investimento reverta directamente para aqueles que estão a precisar dele.

O turismo imersivo que desenvolvemos no Japão é tão diferente de “turismo” que quase nem se pode chamar assim! Na verdade o que temos em mente é contribuir para que as zonas do Japão tendencialmente menos desenvolvidas (com um contexto de depressão económica e populacional por exemplo) mas ao mesmo tempo culturalmente mais ricas possam ser visitadas e desfrutadas por aqueles que, de outro modo, nem saberiam o que procurar ou como lá ir ter.

Todas as parcerias são fruto de uma relação pessoal, de uma experiência prática, de uma amizade que tem em vista aumentar a energia da cada uma das partes, com reciprocidade e respeito. Não estamos a fazer contas nem tabelas de excel, quando há despesas que é necessário pagar apresentamos claramente a situação aos visitantes, mas não havendo o objectivo fixado do lucro nem a exploração de empresas de turismo massificado deixamos de lado a mentalidade consumista. Não consumimos, partilhamos. Não vendemos, mostramos. E, juntos, ficamos a conhecer-nos melhor e a estimar convenientemente a preciosidade do momento em que nos encontramos. É uma grande sorte poder contar com cada um dos que se “chegam à frente”, tanto do lado do Japão como do lado de Portugal!

O leque de experiências de turismo imersivo das quais já dispomos incluí as tradições mais significativas do Japão, como por exemplo a Cerimónia do Chá, a estadia em Ryokan com termas “onsen”, ou a gastronomia única dos templos budistas; e incluí também propostas totalmente inovadoras – mesmo no panorama turístico “convencional” japonês – como por exemplo o “glamping” em reservas naturais ou as rotas temáticas dentro do universo da espiritualidade e religião.

Mas, a partir do Verão de 2019, dispomos de mais uma experiência!

É com grande satisfação que anunciamos uma parceria que procurávamos há muito tempo: um espaço para realizar retiro de meditação, devidamente orientado, enquadrado tanto culturalmente como naturalmente.

62566554_597148164127502_7188884387092496384_o.jpg

Este complexo, com templo, casas de retiro, aulas, workshops e alimentação, permite o acesso a não-japoneses, incluí orientação em inglês (e pode incluir também em português), sem comprometer a qualidade do conteúdo. Recebe tanto visitantes individuais como grupos, mediante pedido prévio (e reserva-se ao direito de não aceitar todos, pois afinal é um templo), para estadias mínimas de 3 dias consecutivos.

A localização, na Prefeitura de Oita, permite-nos articular com outras experiências de turismo imersivo que já temos vindo a implementar na região e na ilha de Kyushu, sendo assim uma mais valia para os viajantes que nos procuram para que os possamos ajudar a criar um programa à sua medida.

Por fim, mas como acima dissemos, não menos importante, é a razoabilidade de custos dos retiros que se podem fazer neste local. Com efeito, devido a uma abordagem com a qual também nos identificamos, o custo de participação não é fixo e o objectivo fundamental não é o enriquecimento, mas sim a contribuição significativa para os projectos de beneficência à população local que este templo suporta.  Existe o apelo ao donativo mínimo, até porque este é necessário para suportar os custos de limpeza, elaboração de refeições, e outros gastos, mas no final a totalidade da experiência recomendada (4 dias e 4 noites, em regime de pensão completa e retiro orientado) fica a menos de metade de experiências equivalentes que se realizam noutras partes do Japão mais afectadas pelo crescimento do turismo de massas.

As fotos acima, retiradas directamente desta nova experiência de turismo imersivo, agora disponível para os viajantes de Portugal, podem ser apenas imagens, meras cores na ilusão da visão, mas esperemos que o cativem para as possibilidades infinitas da sua recriação e do seu recomeço, quer tenha a possibilidade de nos acompanhar na próxima viagem ao Japão ou na sua vida diária, onde quer que se encontre.

Vamos ao Japão em Agosto deste ano, com partida de Portugal já confirmada dia 20 de Agosto, e regresso a 3 de Setembro. Caso queira saber mais sobre esta viagem por favor contacte umlongoveraonojapao@gmail.com

Plano de Viagem para Agosto

gotenba

Costuma dizer-se “a pedido de várias famílias” não é verdade? Pois bem, durante o ano de 2018 procurámos ajudar quem quer viajar ao Japão, fazendo conferências públicas de acesso livre, directos na nossa página de facebook e escrevendo muitos artigos e dicas no nosso parceiro, o site Japantravel. Mas as mensagens que nos chegavam continuavam a apontar para uma necessidade: um plano low cost, sem comprometer a autenticidade da experiência e o acompanhamento de um guia.

Por isso, para responder ao tal pedido, criámos um plano que respeita os 3 critérios mais solicitados: ser nas férias de Verão, ter um orçamento abaixo dos 2000 euros, e caber todinho em duas semanas.

O documento que apresenta o Plano de Viagem, com e sem extensão, está disponível aqui: Plano de Viagem low cost Japão para Agosto-Setembro de 2019 _ condicoes e itinerario_actualizado a 20 de abril de 2019

Responderemos a todos os pedidos de esclarecimento que nos chegarem por email: umlongoveraonojapao@gmail.com, mas apenas por essa via.

Esta é a minha prenda para todos os que nos seguem, visitam este blog, subscrevem o canal youtube e acompanham a página no Facebook. Espero que tirem o melhor partido desta prenda e que seja desta que se cumpre o mote original (criado nos idos de 2013…): “Conheça o Projecto, Faça a Viagem!”

~ Inês Matos ~

 

 

Estudar & Viver no Japão: vistos, bolsas e experiências

study in japan

Quer estudar no Japão?

Quer trabalhar no Japão?

Tem curiosidade sobre como é viver no Japão?

Gostaria de obter mais informação sobre possíveis bolsas que o financiem?

Nesta sessão teremos convidados especiais em sala e também convidados online (a partir do Japão) que o vão ajudar a esclarecer essas dúvidas.

Dia 20 de Outubro, às 15:30h, no pólo 1 da Universidade de Coimbra. (A sala será anunciada posteriormente.)

Inscreva-se antecipadamente devido aos lugares limitados. As inscrições e informações serão tratadas exclusivamente por email: umlongoveraonojapao@gmail.com

Donativo à entrada para apoio às despesas da organização: dois euros por pessoa.

Todos são bem vindos, mesmo que não sejam nossos alunos no programa de estudos japoneses.

Bem-vindos a mais um ano lectivo!

Estamos a iniciar mais um ano lectivo de estudos japoneses. O projecto cultural e pedagógico de estudos japoneses em Portugal dá as boas vindas a todos os que nos quiserem acompanhar em mais um ano de aprendizagem e desenvolvimento.

Quer estejam nas proximidades da nossa sede, em Coimbra, ou a vários quilómetros de distância, este ano temos previstas várias actividades e vamos usar este blog e o facebook para podermos chegar a todos, mesmo aos que apenas nos podem seguir através da internet.

A primeira grande novidade deste ano lectivo é, claro, a viagem ao Japão. Finalmente vamos poder mostrar os lugares – no Japão – onde mais se desenvolve a relação com Portugal. Esses lugares são muito importantes para as respectivas comunidades, japonesas, já que testemunham uma fase importante da história do Japão, e também porque são lugares através dos quais se pode construir uma visão de “glocalidade” e imaginar novos valores para um conceito de nacionalidade japonesa mais global.

Naturalmente o ponto alto da nossa viagem é a prefeitura de Nagasaki, e podemos com segurança afirmar que esta é a única viagem alguma vez organizada entre Portugal e o Japão que especificamente incide sobre o assunto do património cultural que é partilhado entre Portugal e o Japão. Por isso esta será uma viagem que conjuga turismo, descoberta e estudos japoneses!

(para saber mais sobre a viagem clique aqui )

 

japan icon set

Este ano lectivo vamos prevemos dar continuidade às duas disciplinas que tiveram mais sucesso no ano passado: a língua japonesa e a pintura sumi-e. Esperamos pelas vossas inscrições! (mais informações sobre as aulas serão aqui colocadas no blog)

Para além disso estamos também a planear as outras actividades culturais, às quais já vos habituámos, tais como os clubes de leitura, as conferências, os workshops de artes, os ciclos de cinema e de música, etc.

O “Vamos Japonicar!”, que começámos a fazer também no último ano lectivo, vai regressar logo em Outubro, proporcionando aos alunos japoneses que se encontram em Portugal a possibilidade de interagir com os alunos portugueses que estão a aprender japonês. Felizmente as últimas duas sessões do “Vamos Japonicar!” foram extremamente bem sucedidas, e isso deu-nos confiança para investirmos em preparar mais sessões destas.

Todas as informações sobre as nossas actividades serão sempre colocadas aqui no blog e também no facebook. Para além disso estamos disponíveis para responder a qualquer questão através do email umlongoveraonojapao@gmail.com

Este continua a ser um programa cultural e pedagógico sem fins lucrativos, no qual a organização de toda a grelha de formação e eventos é feita de forma 100% voluntária, e que está sempre a um (curto) passo de ser cancelado por falta de fundos. Gostaríamos muito de esclarecer que sempre que é pedido um valor de inscrição para algum workshop esse montante destina-se a cobrir custos, tais como o aluguer de salas, a impressão de cartazes, ou o que temos de pagar aos nossos convidados. Aceitamos de bom grado todo o apoio que possam dar, desde já divulgando o mais possível as nossas actividades, pois até para fazer anúncios temos muita dificuldade, já que nos cobram por isso. Também aceitamos com muita gratidão o apoio de profissionais multimedia e de outras pessoas que queiram partilhar os seus dons, pois a criação de mais materiais pedagógicos e conteúdos depende disso. Desde já obrigada.