Programa de Língua Japonesa

Recomeçamos o nosso programa de língua japonesa em Outubro. Procuraremos concentrar as aulas aos sábados, para maior conveniência dos trabalhadores e estudantes que já têm a semana ocupada. Contudo, poderemos também abrir um horário à sexta-feira à noite – como aconteceu no ano passado – se reunirmos um grupo com o mínimo de 5 pessoas no mesmo nível. Envie-nos email e procuraremos acomodar as suas necessidades de aprendizagem.

curso intensivo outubro 2018 - banner

Como é que se diz…?

8 set 2018 workshop linguistico para viajantes

Neste workshop linguístico aprenderá a pronunciar, compreender e usar as 10 expressões mais úteis em língua japonesa (e outros conteúdos associados), as quais farão toda a diferença na sua experiência de viagem.

Este workshop foi concebido para aumentar a qualidade da experiência daqueles que planeiam visitar o Japão brevemente, desejando conhecer previamente alguns elementos da sua língua, cultura, história e sociedade.

Para além deste workshop linguístico existem outros eventos de formação previstos. Por favor consulte os outros artigos neste blog ou escreva-nos para umlongoveraonojapao@gmail.com

Curso Intensivo

Durante o mês de Julho decorreu o nosso Curso Intensivo de Introdução à Língua Japonesa, para dar um “empurrãozinho” aos alunos que pretendem iniciar a aprendizagem de japonês no próximo ano lectivo.

Se desejar inscrever-se no nosso programa de língua japonesa, quer seja no nível de iniciação ou noutros níveis, contacte-nos através de umlongoveraonojapao@gmail.com

Primeira aula do curso intensivo de Julho 2018

 

Curso intensivo

FB_IMG_1528187292315

Estamos a receber inscrições para o Curso Intensivo de Introdução à Língua Japonesa, o qual irá decorrer no mes de Julho.

Se quer fazer a inscrição em nome do seu filho/a, indique no e-mail a idade do/a menor e certifique-se que reúne as condições para participar.

Informações e inscrições por e-mail: umlongoveraonojapao@gmail.com

 

Primeiro “Vamos Japonicar!” em Portugal

No passado dia 26 de Maio realizámos em Coimbra o primeiro “Vamos Japonicar!” em Portugal.

O nosso evento teve como base o modelo oficial da Japan Foundation, pólo de Madrid, a qual nos deu informação e autorização para concretizar o “Vamos Japonicar!” do sábado passado. O modelo espanhol tem o título “¡Vamos a nihonguear!”, e por isso a versão em Portugal ficou com o título “Vamos Japonicar!”. Para saber mais sobre o “¡Vamos a nihonguear!” consulte a página oficial .

Apesar de termos de respeitar certos parâmetros, a verdade é que foi necessário fazer várias adaptações para que o evento fosse bem sucedido no contexto português. Desde logo o alinhamento das actividades é uma criação original nossa, pois para além de darmos um tema geral – férias de Verão – também criámos actividades específicas e sequenciais para fazer ao longo das duas horas de duração do evento. A parte de conversação orientada foi aqui muito mais trabalhada, já que os alunos tinham três etapas de conversação diferentes: primeiro sobre o jogo da karuta e as expressões lidas a partir do jogo; segundo sobre os lugares que mais gostavam na cidade e região (conversando portando dos seus interesses e hábitos); terceiro sobre que lugares e actividades seriam ideais para planear de um dia de férias (a última actividade consistia na criação de um plano para um grupo de pessoas e com um orçamento pré-definido).

O facto de realizarmos este evento em Coimbra e portanto de termos uma maioria de participantes da região, também influenciou o modo como coordenámos o evento. Quase 100% dos participantes eram estudantes da Universidade de Coimbra, tanto os japoneses que estão por cá a fazer o curso de língua portuguesa para estrangeiros como os portugueses que são ou já foram nossos alunos nos programas de língua japonesa. Contudo o evento foi aberto a toda a sociedade, e se pudermos vir a realizar mais iremos manter a porta aberta para participantes de todas as idades e proveniências, desde que com o nível A1 já realizado.

Este foi mais um evento sem fins lucrativos, no qual tanto eu (Inês Matos), como a docente de língua japonesa (Ayano Sensei) trabalhámos voluntariamente e de modo independente de qualquer instituição. O preço de entrada (que não era obrigatório, já que vários estudantes com necessidades económicas entraram sem pagar) era apenas dois euros por pessoa, para cobrir a despesa do aluguer da sala. Naturalmente estamos muito satisfeitas com o evento, pois teve grande adesão – 25 participantes! – e proporcionou a oportunidade de estes dois grupos de pessoas se conhecerem e poderem no futuro continuar a aprender a língua uns dos outros e a respeitarem as diferenças de cultura e mentalidade uns dos outros.

A todos os que estiveram presentes, e que com a sua boa-disposição, tolerância, simpatia e amizade tornaram este evento uma verdadeira ocasião de partilha e de crescimento, estamos profundamente agradecidas!