Já leu os nossos guias mais recentes?

Publicamos regularmente guias para viajar no Japão, os quais estão acessíveis gratuitamente através do nosso parceiro: o site Japantravel. Os guias mais recentes são sobre festivais dedicados à arte e têm em comum o facto de estarem ligados ao cultivo do arroz. Há tantas experiências fabulosas à sua espera no Japão! Se quiser saber mais contacte-nos: umlongoveraonojapao@gmail.com

Siga para a página do Japantravel para ler o guia “Campos de arroz como nunca os viu!”. 

Este guia irá dar-lhe toda a informação que precisa para visitar um lugar muito especial, onde se realiza uma forma de “landscape art” única. O Festival Inakadate Tambo Art é uma expressão extraordinária de como é possível desenhar com plantas vivas, atraindo assim visitantes nacionais e estrangeiros a uma pequena localidade rural.

Siga para a página Japantravel para ler o guia “Terrível ou Belo? Escolha o seu gigante de palha!”

Neste guia ficará a conhecer o Festival Wara Art, no qual se usa uma matéria-prima que é normalmente considerada um desperdício – a palha de arroz – para fabricar artesanalmente impressionantes mega-esculturas de animais, as quais ficam durante o Verão a adornar um parque em Niigata.

Depois de ler estes guias esperamos os seus comentários, que podem ser feitos na página do Japantravel ou para o nosso email.

Sobre o que é que gostaria de ler a seguir?

Explorar Tokyo sem explorar a carteira

Continuamos a publicar dicas de viagem!

Desta vez através do nosso parceiro: o site japantravel.

golden gai_wikipedia_pd

Chegar a Tóquio é, para muitos, nada menos que a concretização de um sonho. Talvez alguns nem se atrevam a realizar esse sonho porque se assustam com os preços praticados no Japão. Sim, com efeito pode gastar-se facilmente o que se tem e o que não se tem por estas bandas… mas não tem obrigatoriamente de ser assim, especialmente se está disposto a fazer concessões.

Neste artigo vou dar-lhe recomendações para desfrutar de um dia em Tóquio tendo como critério manter os gastos no mínimo. Contudo, há uma coisa que não se compromete: a autenticidade da experiência!

(…)

Leia o artigo completo AQUI.

Viajar com crianças no Japão

Nos dias 16 e 17 de Junho decorrerá na Alfândega do Porto a Open Mag, na qual estará presente a Revista Saber Viver, com a qual passámos a colaborar recentemente. Para além de estar já em preparação um artigo sobre o Japão, com preciosas dicas de viagem, e que será publicado nessa revista brevemente, pode também passar pela Alfândega no próximo mês para saber mais sobre o tema “Viajar com Crianças”.

Neste evento vamos aprofundar o tema, respondendo às suas questões e tratando outros assuntos, a partir dos tópicos apontados no documento que aqui fica disponível para consulta.

Siga o link para descarregar o PDF:

open-mag Viajar com Crianças

Apresentação em vídeo – parte 1:

 

 

Apresentação em vídeo – parte 2:

 

 

Apresentação em vídeo – parte 3:

 

Os conteúdos disponíveis nestes vídeos não representam a totalidade da informação disponível nos eventos de consultoria de viagem ao vivo, tal como é exemplo o evento que se realizará na Open Mag. Se deseja mais informações sobre consultoria de viagem para o destino Japão contacte a autora.

Colaboração com site Japantravel.com

japantravel logo japantravel loco letras

O site japantravel.com é um portal multilingue que concentra toda a informação sobre turismo no Japão, e não só! Também tem informação sobre experiências, actividades, festivais, gastronomia, galerias de fotos, etc. O portal tem ainda uma versão em língua portuguesa.

Ao contrário dos websites de agências governamentais ou autoridades regionais, que têm as suas próprias agendas, este site é feito por colaboradores independentes, preferencialmente residentes no Japão ou que já tenham aí estado, tanto japoneses como não-japoneses. Todos os artigos publicados passam por uma revisão e têm se ser suportados pela equipa editorial, constituída por profissionais.

A colaboração da autora do projecto cultural e pedagógico “Um longo Verão no Japão” com este site visa realizar traduções de artigos relevantes e também artigos originais em língua portuguesa, sobretudo pensados para melhorar a experiência do visitante português no Japão, com foco nos conteúdos de cultura, história e arte. Desse modo, apesar de ser uma iniciativa em nome individual, não está distante dos objectivos fundamentais deste projecto: aproximar os portugueses e os japoneses através do conhecimento mútuo, a partir da investigação na área do património cultural.

Os artigos são redigidos sem suporte de patrocinadores, ligação com instituições, sítios ou marcas que eventualmente nele sejam referidos (se o forem, reflectem apenas a impressão subjectiva do seu autor e não representam contrapartida alguma). Cada autor tem os seus próprios critérios para associar os seus artigos a outras áreas de criação  e actividade, embora os artigos publicados no japantravel.com em si mesmos sejam artigos não remunerados. Portanto os princípios do projecto cultural e pedagógico “Um longo Verão no Japão”, que sempre foi e será uma iniciativa sem fins lucrativos, estão igualmente em sintonia com esta nova colaboração.

Os dois primeiros artigos originais estão já disponíveis: uma apresentação da cidade de Kobe e de um itinerário para a visitar.

Também está disponível a tradução de um artigo original de Tomoko Kamishima, dedicado aos Jardins e Casa de Glover em Nagasaki, e que pode ler – agora em português –  aqui.

O papel das humanidades para o crescimento económico

japan-times-liberal-arts

Os jovens recém licenciados no Japão também enfrentam problemas como estágios de escravatura, formações profissionais extras que nunca mais acabam, precariedade (no sentido em que os contratos já não são seguros e os primeiros anos de salário nem chegam para sair de casa dos pais), e claro, desemprego. Mas, nesse panorama, uma conclusão a que alguns japoneses e também estrangeiros residentes no Japão já chegaram foi o seguinte: o crescimento da economia não pode fazer-se enquanto continuarem a ignorar o campo das ciências sociais e humanas, o da arte e o da cultura.

Em Portugal ainda nem sequer se chegou a essa conclusão… Eu (e uns poucos) andamos a “pregar aos peixes”…

No Japão praticamente não há “tradição” de estudos artísticos de cariz humanista e filosófico, a antropologia é um “alien” e a filosofia é “exótica”. A nação que deu ao mundo pérolas de cultura como a Cerimónia do Chá e a poesia Haiku menosprezou a sua própria fonte de vida.

E por aqui, vamos repetir o mesmo erro?

Leiam este artigo no Japan Times que vale mesmo a pena.