Iniciação à Língua Japonesa, último módulo deste ano lectivo!

Em Maio vamos iniciar o último módulo de Iniciação à Língua Japonesa deste ano lectivo. Este módulo terá cinco sessões, de duas horas cada, no seguinte calendário:

20 e 27 de Maio

3 de Junho, (dia 10 de Junho não há porque é feriado), 17 e 24 de Junho

As aulas são portanto às sextas-feiras, e decorrerão entre as 20h e as 22h.

A Professora Soraia Ribeiro, licenciada em Estudos Asiáticos pela Universidade do Minho, é a nossa colaboradora nos módulos de Iniciação à Língua Japonesa e receberá os alunos em formato online.

As sessões deste módulo estão também abertas à inscrição dos alunos que ainda não frequentaram os módulos anteriores, desde que se encontrem a par com os alunos regulares, de tal modo que possam ter aproveitamento do curso. Assim, é particularmente importante para os novos alunos que regularizem a sua inscrição com bastante antecedência, para que seja possível terem aulas de compensação antes de 20 de Maio. Estimamos que as aulas de compensação em regime intensivo possam ser feitas em um mês, por isso recomendamos vivamente tratarem da marcação até 20 de Abril.

Se o candidato já estudou japonês de forma autónoma, ou se já estudou à bastante tempo e precisa de fazer um diagnóstico para averiguar em que nível se encontra, dispomos de diagnóstico sem custos. O diagnóstico gratuito está disponível para os alunos que confirmarem a sua inscrição neste módulo.

As aulas de compensação (dependendo de quantas precisa) serão liquidadas directamente entre o aluno e a professora.

As aulas deste módulo podem ser frequentadas mediante inscrição a liquidar em uma só prestação. O módulo tem no total 10 horas de formação acompanhada (as horas de estudo autónomo orientado aumentam ainda mais as oportunidades de aprendizagem do aluno mas não são contabilizadas para efeitos de despesas). Os membros do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal podem liquidar a inscrição com uma contribuição de 70 (setenta) euros. Se não é membro do nosso Clube Privado pode aceder a esta módulo por 85 (oitenta e cinco) euros.

Todos os alunos, quer sejam membros do Clube Privado ou não, recebem todos os materiais pedagógicos, incluindo manuais de kanji, em formado PDF ou equivalente.

Para solicitar inscrição, contacte-nos por via do formulário https://forms.gle/C9K9pFXsctaBPKaKA

ou contacte por email (umlongoveraonojapao@gmail.com)

ou através das nossas redes sociais Facebook (facebook.com/inescarvalhomatos/)

ou Instagram (@pcp_japao_e_portugal).

EXTRA! Sessão adicional sobre Saúde e Alimentação Japonesa, já em Abril

Sábado – 16 de Abril – das 11h às 12:30h

Via zoom.

Na sessão “Saúde e Alimentação Japonesa”, os participantes terão a oportunidade de conhecer ingredientes, produtos e processos de confecção especificamente japoneses e também de conhecer a melhor forma de usar a tradição japonesa para cozinhar alimentos bons para a saúde com ingredientes simples e de fácil acesso. Serão dadas explicações na área da história da alimentação, nutrição, ciência, e gastronomia. Serão apresentados, em directo, exemplos práticos. Para além do que é confeccionado em directo, também serão apresentados outros exemplos pré-gravados. Esta não é uma sessão que segue os menus dos restaurantes, mas sim séculos de tradição popular, comum à população japonesa e aos usos do dia-a-dia. Temos como foco principal a formação e capacitação para a saúde, apresentando aos participantes soluções que podem aplicar rotineiramente para o seu bem-estar.

Siga este link: https://forms.gle/2e1fc63f12iVwFDF9

Certificação em Língua Japonesa: como obter ?

Estamos em plena fase de inscrições para o JLPT – Japanese Language Proficiency Test de 2022!

Prepara-te para o Exame de Proficiência de Língua Japonesa com as nossas aulas online, em horário pós-laboral e dadas por professor com certificação.

Sabe mais em https://forms.gle/H5YtLxqKdzNcsBFv8

Mesmo quem não tem a língua japonesa como sua língua materna pode aprender japonês com o objectivo de vir a obter uma certificação. O nível de proficiência em japonês é avaliado através de exames e o candidato obtém assim um certificado com validade internacional e também com validade no próprio Japão. Neste artigo vamos esclarecer algumas das dúvidas mais frequentes em relação à aprendizagem de japonês com a finalidade de obter certificação, nomeadamente para quem é português ou reside em Portugal. Esperamos que seja útil e aguardamos pelos vossos comentários no final.

1 ) Se eu estudar japonês sozinho e usando recursos da internet posso obter certificado?

R.: Não. Os cursos online ou os recursos pedagógicos que o aluno eventualmente possa reunir por si mesmo podem ser boas ferramentas de estudo, mas não são conducentes a uma certificação oficial.

2) Se eu fizer um “Curso livre” (num centro de línguas) ou se eu frequentar uma disciplina de língua japonesa numa faculdade, fico com certificação?

R.: Não. Mesmo os alunos que frequentam cursos superiores onde a língua japonesa faz parte da estrutura curricular têm ainda assim que realizar o Teste de Proficiência de Língua Japonesa, conhecido como JLPT, o único que permite certificação oficial.

3) Qualquer pessoa pode candidatar-se a esse exame JLPT ?

R.: Sim. O JLPT não distingue de que modo o aluno estudou, se o fez através de aulas privadas, se frequentou um curso livre ou se estudou sozinho. Quando um candidato se inscreve no JLPT ele/ela está a candidatar-se ao acto de examinação do seu nível de língua japonesa em diversas áreas: leitura, oralidade, etc. Ao ser avaliado, fica verificado que nível de proficiência de língua japonesa é que essa pessoa tem. Conforme o nível, pode obter o N5 (reconhece competências básicas), o N4, o N3, o N2 ou o N1 (o mais avançado de todos). Assim sendo, os alunos têm uma grande vantagem em estudar japonês com quem já realizou estes exames e sabe dar informação de experiência própria, preparando com maior eficiência o aluno, de modo a que este tenha sucesso no exame.

4) Fazer o exame é gratuito ?

R.: Não. O JLPT é um exame pago. O aluno paga sempre para fazer o exame, independentemente de alcançar o resultado esperado ou não. Devido ao investimento que é necessário fazer, recomendamos que se preparem para o JLPT com um professor/a que saiba realmente explicar como é que estes exames se estruturam e como se executam.

5) Quem tem autoridade, em Portugal, para dar aulas de japonês que dão certificação ?

R.: Tecnicamente não existe nenhuma autoridade desse género em Portugal, e a certificação só pode ser feita pelo JLPT. Independentemente de onde o aluno estuda, com quem estuda, ou de que modo estuda, tem sempre de ir fazer o JLPT para obter a certificação. O JLPT é realizado em Portugal com o apoio da Associação de Professores de Língua Japonesa, Embaixada do Japão, Japan Foundation – ramo Madrid (não há em Portugal), e mais recentemente também com o apoio da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (que tem cedido espaço para a realização do exame).

6) Como posso saber, de fonte segura, o que é o JLPT e de que modo é reconhecido pelo Governo do Japão ? (por exemplo, para usar o JLPT para provar as competências linguísticas para fins de estudo ou trabalho no Japão)

R.: Recomendamos que visite o website da Embaixada do Japão em Portugal, que é a representação oficial do Governo do Japão. (link: https://www.pt.emb-japan.go.jp/itpr_pt/00_JLPT2019.html ) Também pode visitar o website da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, na secção onde apresentam o que é o JLPT (link: https://sigarra.up.pt/flup/pt/web_base.gera_pagina?p_pagina=1021530 ).

7) Se eu estudar japonês com um professor nativo (que tem o japonês como a sua língua materna) é melhor do que se estudar japonês com uma pessoa que não seja do Japão ?

R.: Qualquer pessoa de nacionalidade portuguesa sabe/está capacitada para dar aulas de língua portuguesa? Qualquer pessoa portuguesa conseguiria preparar um estrangeiro para realizar um exame de língua portuguesa como aqueles que se fazem no final do ensino secundário/acesso à universidade ? Pois não. Na língua japonesa é o mesmo. O mais importante é aprender japonês com quem aprendeu japonês de forma a poder ensinar a língua japonesa. Claro que é fundamental que a pessoa que ensina japonês domine a pronunciação, saiba usar a língua japonesa em vários contextos, e sobretudo que consiga explicar ao aluno – usando a sua experiência própria – como se deve preparar para o exame e como o fazer de modo a obter bons resultados.

Continua a ler e sabe mais sobre como realizar uma preparação eficiente para obter a certificação oficial do JLPT em Portugal, com validade internacional e que também podes usar para estudar, viver e trabalhar no Japão !

Ao longo dos últimos dois anos, devido à pandemia, os alunos tiveram muito mais dificuldade em prepararem-se para o exame de língua japonesa. Para além disso, o exame não se realizou em 2020 nem em 2021 em Portugal. Neste momento já existe data para a realização do exame este ano – 2022 – mas muitos alunos tiveram de interromper as aulas (se as faziam presencialmente) e agora não podem ir fazer o exame já no Verão. Como o nosso Projecto Cultural e Pedagógico procura criar oportunidades para todos, e não baixa os braços face aos desafios, decidimos lançar um apelo a quem já tinha certificação do JLPT com o nível N3 ou superior, de modo que esteja capacitado para dar as aulas de preparação para os níveis anteriores. Assim, temos finalmente condições de anunciar que vamos abrir módulos de preparação para futuras edições do JLPT, com aulas online, em horário pós-laboral, mediante preços muito acessíveis (o nosso projecto não tem fins lucrativos, estes valores são para os professores), e com programação que visa preparar especificamente para o JLPT N4.

Estamos a preparar mais módulos como o que em baixo anunciamos, para que estas aulas tenham continuidade ao longo dos próximos meses. Por enquanto já está garantido o funcionamento do primeiro módulo em Maio e Junho. Os alunos que tenham realizado o N5 (o exame de nível mais baixo) podem seguramente entrar directamente neste módulo, para começarem a preparar-se para o N4. Os alunos que ainda não realizaram o N5 e não têm a certeza se conseguiriam tirar aproveitamento destas aulas, podem solicitar diagnóstico (é gratuito) e poderão depois vir a agendar aulas de compensação com o professor, para que tenham a preparação necessária de modo a juntarem-se ao grupo a partir da segunda quinzena de Maio.

Segue para o link https://forms.gle/H5YtLxqKdzNcsBFv8 e candidata-se a uma das DEZ VAGAS que temos neste curso. O tempo está a contar…

Este livro não precisa de pretexto para ser lido, mas já agora… “O Gato que Salvava Livros” – obra seleccionada para o Clube de Leituras de Abril

Acaba de ser lançada a versão portuguesa da fantástica obra de Sosuke Natsukawa. Este é o livro escolhido para o nosso próximo Clube de Leituras do Oriente, a realizar no dia 29 de Abril, sexta-feira, das 14h às 15h.

Solicite participação aqui: https://forms.gle/fdA4S8xRis6xMzLT6

Recomendação parental: este livro é adequado a leitura para crianças e jovens, não se verificando a presença de conteúdos desadequados a menores. Pelo estilo de escrita e temas (fala de mortalidade e luto), será melhor adequado a 13 anos ou mais. O tema é a fantasia, mas aborda questões essenciais ao crescimento, verificando-se que o protagonista (um rapaz com cerca de 16 anos) amadurece e fica mais responsável e seguro de si mesmo ao longo do desenvolvimento da estória. Portanto, o livro é altamente recomendado para leitura conjunta entre a criança/jovem e o seu cuidador, convidando a conversas plenas de oportunidade para reflexão e crescimento, partilha de saberes e experiências. As recomendações literárias ao longo do desenrolar da história (a acção passa-se dentro de uma livraria) podem também abrir muitas oportunidades para leituras futuras.

O Clube de Leituras do Oriente é uma iniciativa do Projecto Cultural e Pedagógico Japão & Portugal, com sessões mensais, nas quais nos debruçamos sobre um livro que seja de um autor japonês (traduzido para português), ou um livro de um autor português que tenha como tema o Japão. Através do Clube de Leituras falamos de temas pertinentes na Sociedade, Cultura e História do Japão, analisamos correntes literárias e desvendamos referências dos autores, e sobretudo partilhamos o gosto pelos livros e pela leitura. A sessão é aberta à participação de todos os que desejarem contribuir, e isenta de fins lucrativos.

Para participar – pese embora seja gratuito – necessitamos de registar a sua inscrição. Os pedidos de inscrição serão processados por data de submissão e de acordo com um número de vagas limitado e pré-estabelecido (que depende de cada espaço). Se desejar, pode assistir online, pelo que também deverá submeter o pedido de inscrição, de modo a ser possível enviarmos o link do zoom.

Junte-se a nós online (via zoom) ou presencialmente, para mais uma sessão de conversa à volta das histórias que nos transportam ao Japão. A sessão vai realizar-se no espaço Pet & Tea – o “café dos gatos” em Coimbra! *

Morada: R. João Cabreira 4, 3000-142 Coimbra

* A gerência da Pet & Tea reserva-se ao direito de aplicar consumo mínimo em serviços de restauração e cafetaria, pese embora a assistência à sessão do Clube de Leituras seja de acesso livre e gratuito.

GANHE UM EXEMPLAR DESTE LIVRO !!!

Está disponível a partir de agora (update: 1 de Abril, 2022) o GIVE-AWAY. Parece mentira, porque é 1º de Abril, mas garantimos que não é!

Entre 1 de Abril e 20 de Abril, reúna os recibos das suas compras na Pet&Tea, com o seu número de contribuinte no recibo, e quando fizer um total de despesa de pelo menos 10 euros já tem metade dos critérios preenchidos. É que com uns meros dez euros de despesa (em qualquer tipo de artigo de animais ou cafetaria) e sendo membro do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal, pode já habilitar-se ao sorteio de um exemplar deste livro. Todos os membros do Clube podem participar, e os novos membros também, mesmo acumulando as vantagens já existentes para novos membros !

Poesias e memórias do Japão

Foi recentemente editado o livro de poesia de André Pinto Teixeira, português poliglota que passou a última década a viver no Japão. Pese embora nem toda a poesia seja directamente relacionada com as suas vivências em terras nipónicas, é da sua sensibilidade e reflexões que se trata, e teremos a oportunidade de ser guiados pelas suas memórias nesta sessão simultaneamente presencial e online.

No dia 28 de Maio, às 16h, voltamos a reunir o Clube de Leituras do Oriente no espacinho acolhedor da Kuri Kuri Shop do Porto, para falarmos com o André (que estará presente), e entre todos.

Pode adquirir este livro directamente ao autor, por um valor de 15 euros por exemplar. Nesse caso a entrega do livro será feita em mãos (aproveite para pedir autógrafo e dedicatória!) quando nos reunirmos para a sessão do Clube de Leituras do Oriente.

Note que, para aquisição do livro, deverá tratar directamente com o autor. Queira por favor enviar mensagem através das redes sociais do nosso projecto cultural (facebook ou instagram) ou por email (umlongoveraonojapao@gmail.com) ou ainda pelo formulário de contacto neste blog. Iremos fornecer o contacto do autor para quem desejar adquirir o livro antecipadamente.

Mapa: localização da Kuri Kuri, na Rua do Rosário, nº 343, no Porto

Saiba como GANHAR UM LIVRO! Isso mesmo, receba comodamente em sua casa um exemplar deste livro. Mais informações em baixo.

O Clube de Leituras do Oriente é uma das actividades do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal, realizado com periodicidade mensal, sempre de acesso livre e gratuito, seja presencial ou online. Os membros do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal, que através do seu donativo benemérito ou da sua colaboração com tarefas, nos ajudam a manter o nosso Projecto activo, têm também vantagens exclusivas. Uma delas é a de poderem ganhar alguns artigos e livros, como é o caso deste. Torne-se membro benemérito do nosso Projecto Cultural até dia 21 de Maio e inscreva-se para assistir/estar presente na sessão do dia 28, e poderá ganhar um destes livros, inclusive sem ter de cobrir qualquer despesa pelo envio para a sua morada.

Os envios serão feitos no dia 21 ou 22 de Maio.

Temos apenas 4 exemplares para oferecer e daremos preferência a quem reúna as seguintes condições:

  • ser membro do Clube Privado do nosso Projecto*, ou tornar-se membro até dia 21 de Maio;
  • inscrever-se e confirmar presença, seja presencial ou online, na sessão do Clube de Leituras do Oriente do dia 28 de Maio às 16h;
  • residir em Portugal (envio por ctt).

* Para se tornar membro benemérito do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal, contacte-nos por mensagem, email ou redes sociais.

https://www.instagram.com/pcp_japao_e_portugal

Mail: umlongoveraonojapao@gmail.com

Recupere a sua saúde com a ajuda do médico Dr. Yoshinori Nagumo e o seu método de Jejum Intermitente

No dia 9 de Abril, sábado, às 11h da manhã, vamos realizar uma sessão de formação online para introdução ao tema do Jejum Intermitente como método de saúde e bem-estar na cultura japonesa. Vamos discutir os conteúdos do livro do Doutor Yoshinori Nagumo, publicado em Portugal com o título “O poder mágico do jejum”.

Submeta o formulário para solicitar participação: https://forms.gle/yKhGs7NsDxPupSX86

Os Festivais de Primavera no Japão – com Yuka Hagiwara

No dia 3 de Abril, às 11:30h (hora de Portugal), vamos estar em directo com o Japão. A nossa convidada é Yuka Hagiwara, que é japonesa e fluente em português (fez curso universitário de língua portuguesa).

A Yuka – a quem muito agradecemos – vai fazer uma breve apresentação sobre a história e cultura dos festivais japoneses que marcam a Primavera, desde o modo como se originaram até às múltiplas formas que têm hoje em dia nas várias regiões do Japão.

Sabia, por exemplo, que o Hina Matsuri não era originalmente um festival para meninas?

Sabia que as políticas de ordenamento de território e construção de canais do shogunato Tokugawa estão directamente relacionadas com o hábito de fazer hanami?

Estes e outros assuntos vão ser abordados nesta sessão, não só pela nossa convidada mas também em conversa aberta com os participantes.

Junte-se ao Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal e participe nesta (e em muitas outras!) sessões de forma gratuita. Se ainda não é membro do Clube Privado, contacte-nos para saber mais.

Nesta Primavera, vamos manter-nos ligados ao Japão!

Manual para estudantes que querem ir ao Japão : Parte 1

A partir de Março de 2022 o Governo Japonês reabriu as fronteiras para os estudantes internacionais. Note-se que as fronteiras estavam fechadas para os estudantes não-japoneses desde Março de 2020, por isso há dois anos!!! Com esta boa notícia naturalmente os estudantes de todo o mundo voltaram a ter esperança de poderem passar um semestre (ou mais) no país do sol-nascente.

Contudo, estes dois anos de Covid mudaram muita coisa, e por isso sentimos que devemos criar conteúdos que possam ajudar os estudantes a preparar a sua eventual estadia no Japão, a adaptar-se melhor enquanto lá estão, e a aproveitar bem a sua experiência para dela tirar o melhor partido, tanto ao nível académico como ao nível de desenvolvimento pessoal.

A cobertura mediática foi intensa quando, no final de Fevereiro, foram anunciadas as novas medidas de controlo de fronteira que se aplicam a quem entra com um visto de estudante. A pressão da comunidade internacional atingiu um nível muito alto, pois durante dois anos os estudantes legitimamente inscritos em Universidades japonesas, e também os investigadores e colaboradores de projectos académicos, estiveram impedidos de entrar no país.

Neste post vamos focar-nos em dois pontos: a necessidade de aprendizagem da língua japonesa ANTES de ir para o Japão e a necessidade de criar contactos de confiança ANTES de ir para o Japão.

Com efeito, e para além das burocracias de vistos e processos de candidatura, aqueles que desejam viver uma parte dos seus “anos de estudante” no Japão por vezes não estão em pleno conhecimento de como é realmente ser estudante no Japão. Por esse motivo queremos salientar que é importante dispor de , no mínimo dos mínimos, um ano inteiro, antes de avançar com os passos concretos para ir para o Japão. Esse período deveria idealmente ser de três anos, mas se existir urgência pode ser abreviado para um ano. Contudo, o encurtamento do período tem de ser acompanhado com uma intensificação dos preparativos, senão simplesmente não funciona.

Porquê esse período de preparativos?

Em primeiro lugar, é preciso aprender a língua japonesa.

Seguramente, quem tem interesse em ir para o Japão como estudante e fez uma breve pesquisa na internet, já encontrou dezenas de websites com serviços para estrangeiros, que “oferecem” possibilidades de encontrar escolas de língua japonesa para estrangeiros, alojamentos e até trabalhos em part-time para ganhar dinheiro para as despesas correntes. Apesar de serem legítimos (na maioria dos casos), esses serviços não são gratuitos e constituem um mercado de captura de capitais que não está ao serviço dos interesses do estudante, não visa a sua integração e não tem em conta a sua proveniência.

Ao invés disso, defendemos que o estudante deve focar-se em aprender sobre a língua e a cultura japonesas ANTES de iniciar o processo de ir para o Japão. Esse método funciona especialmente bem nos seguintes domínios:

  • Desenvolve uma maior apreciação e expectativas realistas, o que faz com que o efeito do “choque cultural” seja muito pequeno ou inexistente quando realmente se muda para o Japão, e assim pode aproveitar melhor a sua estadia.
  • Torna-se competente o suficiente em língua japonesa para poder aceder a boas condições de arrendamento de quarto/casa e boas condições de trabalho, em ambientes seguros e onde é possível construir relações significativas.
  • Conhece bem a realidade japonesa, ao ponto de fazer escolhas sobre o que quer estudar, onde quer viver, no que quer trabalhar, que poderão ser diferentes daquelas que inicialmente pensaria optar (porque desconstruiu equivalências falaciosas e pontos de vista centrados na mentalidade ocidental).
  • Torna-se capaz de criar um plano de vivência no Japão que está integrado nos seus objectivos de vida a curto, médio e longo prazo, de modo que a experiência seja mais significativa e tenha realmente consequências (em vez de ser apenas uma experiência curta, dispendiosa, frustrada e inconsequente).

Recomendamos dois vídeos. O primeiro é uma conversa com a Soraia, que dá as aulas de iniciação à língua japonesa no nosso Projecto Cultural. Podem conhecer melhor a Soraia e ver que, através da sua personalidade e valores de empatia, ela consegue introduzir o aluno na língua japonesa convencional, com um método que se adapta muito melhor aos estudantes portugueses do que o ensino da língua japonesa nas escolas japonesas para estrangeiros. É importante esta perspectiva, centrada no perfil do aluno e nas suas necessidades. Além disso, o modelo do curso de introdução ao japonês que o Projecto Cultural criou em conjunto com a Soraia é já uma caminhada para o exame de proficiência em língua japonesa, porque introduzimos prática de conversação e o kanji (sistema de escrita de caracteres) logo deste as primeiras aulas! O segundo vídeo que recomendamos é uma gravação em directo com o Japão, no qual convidámos o Sr. Ogura para nos falar do serviço de recepção aos estudantes estrangeiros (gratuito) que ele coordena na sua paróquia em Shinjuku (Tokyo). É importante para quem chega ao Japão, e especialmente a uma cidade grande como Tokyo, ter um contacto prévio, de preferência fluente em inglês ou outra língua que não seja só o japonês, e muitas vezes esse papel recai em comunidades paroquiais ou associações sem fins lucrativos, já que nem as Universidades nem os serviços governamentais são especialmente vocacionados para bem-receber os estrangeiros. Não devemos nunca desvalorizar os efeitos da distância, saudade e solidão, e é realmente prioritário criar condições para um acolhimento que preserve a saúde mental do estudante deslocado.

Em breve iremos publicar a “parte 2” deste Manual para Estudantes que querem ir ao Japão, fiquem atentos!

Cerimónia do Chá de Primavera

Partilha de Chá : evento pedagógico baseado na cerimónia do chá japonesa, em formato online, para celebração da Primavera

Solicite inscrição através deste link: https://forms.gle/T2DarqTVzutAtYNU9

O evento terá lugar no dia 1 de Maio de 2022, domingo, às 16h – horário de Portugal.

Este evento é aberto à participação do público geral, e mesmo de não iniciados nas artes do chá.

Inscrições até 22 de Abril ou até que se esgotem as vagas.

A participação SEM MATERIAIS INCLUÍDOS É GRATUITA, mas note-se que está limitada aos membros do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal e a pessoas que já participaram anteriormente nos eventos de chá organizados pelo Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal, e que por isso já têm os materiais necessários.

Se já participou nos nossos eventos de Cerimónia do Chá, siga também para o link de inscrição (acima indicado) e submeta os seus dados. Entraremos em contacto consigo brevemente.

No caso dos membros do Clube Privado, as credenciais de acesso à sessão serão partilhadas na plataforma do clube, pelo que nem sequer necessitam de submeter o formulário.

Os participantes devidamente inscritos receberão comodamente na sua morada os seguintes elementos:

Embalagem nova e selada de matcha – pó de chá verde – orgânico, com 50gr de produto. *

1 taça de cerâmica apropriada para Cerimónia do Chá

1 Chasen (misturador)

1 Chashaku (espátula-colher)

Doces japoneses do tipo “wagashi”, mais exactamente “youkan”, pudim de feijão doce

brinde surpresa

* A quantidade de matcha enviado excede em muito as necessidades para uma só sessão, pelo que os participantes ficam servidos com o excedente para as próximas sessões, a realizar ao longo do ano.

INSCRIÇÕES FAMILIARES (até 5 pessoas) COM VANTAGENS !!!

Inscreva a sua família toda neste evento online e beneficie de um valor de inscrição a partir de 16 euros por pessoa (já incluí o envio dos materiais) .

Saiba mais em:

https://forms.gle/T2DarqTVzutAtYNU9