Como entrar bem no Ano do Boi? Com uma cerimónia do chá, claro!

Para Celebrar o Ano Novo Lunar do Boi / Búfalo iremos realizar um evento pedagógico dedicado ao tema Cerimónia do Chá.Este evento decorrerá online, no dia 28 de Fevereiro, às 15:00h (hora de Portugal), via Zoom.

O pedido de inscrição deve ser feito através do formulário abaixo indicado:https://forms.gle/Pmt3kRQL45yKZSHC6

As fotos acima indicadas representam alguns dos elementos que os participantes receberão por correio.

Os participantes receberão tecido japonês de Kyoto, estilo furoshiki, com padrão de flor de cerejeira e flor de ameixeira, para criar o ambiente do seu espaço de Cerimónia do Chá, e também matcha de alta qualidade, proveniente de Uji, importando pela “Companhia Portugueza do Chá” directamente do Japão, e entregue em pacotes selados como se vê na foto.

Existem 4 vagas para este evento muito especial. No total, com a anfitriã, a ocasião terá 5 pessoas em linha, para uma tarde de partilha, aprendizagem, e o verdadeiro espírito nipónico do cha-do.

As inscrições devem ser confirmadas até dia 19 de Fevereiro.

Os participantes inscritos receberão por correio os seguintes elementos:

– chasen (misturador de bambu feito à mão, próprio para cerimónia do chá),

– chashaku (pequena espátula de bambu, curva na ponta, feita à mão, própria para cerimónia do chá),

– chá matcha biológico da região de Uji em pacote selado e importado do Japão,

– têxtil do tipo furoshiki com padrão de sakura e de flor de ameixeira (ume) proveniente de Kyoto,

– taça de cerâmica larga e baixa de cor negra e própria para uso em cerimónia do chá,

– taça de cerâmica japonesa com padrão tradicional de kimono e tons contrastantes azul-escuro e branco para uso corrente do consumo do chá,

– brindes alusivos ao evento.

Inscrição Normal: 80 euros

Inscrição para Membros do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal: 50 euros

Solicite inscrição através do formulário:https://forms.gle/Pmt3kRQL45yKZSHC6

Os dias melhores que virão

O ano de 2020 trouxe-nos muitos desafios, sobretudo para quem, por razões pessoais ou profissionais, foi directamente afectado pela pandemia. Para nós, isso significou fazer um STOP inesperado a vários projectos em curso e aos intercâmbios entre Portugal e o Japão, algo que nos afectou bastante porque levaram muitos anos a consolidar. Mas, felizmente, foi um STOP temporário. Com os planos de contingência em curso, a vacinação a começar e os diversos governos a anunciar a expectativa de reabertura de fronteiras para o Verão, podemos finalmente começar a pensar nos melhores dias que virão. Temos plena consciência que tudo o que esteja ligado a uma circulação intercontinental terá ainda limitações durante os próximos meses e que, mesmo marcando para o futuro, é preciso acautelar a eventualidade de cancelamentos e adiamentos. Aprendemos com 2020 e estamos a aprender com 2021. Escolhemos focar-nos na esperança, sem descurar o realismo, ter em vista a nossa missão, sem esquecer a empatia com as vossas inseguranças (mais do que compreensíveis). Por isso, chegado este momento, apresentamos a versão possível da nossa viagem anual ao Japão para 2021. Este ano, bastante diferente, sendo um recomeço cauteloso às nossas sugestões de imersão nipónica.

Como sempre, os nossos programas de visita ao Japão são experiências de imersão cultural e somos nós que as planeamos e realizamos, sem comprar viagens a agências, sem ter intermediários comerciais, e portanto canalizando o esforço do investimento que os viajantes fazem em experiências concretas, visitas significativas, e serviços com boa relação qualidade-preço. O valor indicado no final é uma estimativa de despesas para os pontos que estão apresentados como parte integrante do programa. Alguns elementos de uma viagem desta natureza, tais como os voos intercontinentais por exemplo, foram considerados pelos seus valores médios e portanto poderão variar se forem adquiridos com menos de 6 meses de antecedência ou se os preçários das companhias aéreas mudarem muito nos próximos tempos.

Este ano introduzimos algumas alterações que nos pareceram de extrema necessidade, como por exemplo o facto de as dormidas serem sempre em quartos privados (single) com WC integrado, sem nenhuma partilha de espaços de descanso ou higiene. Sim, isso torna impossível ter valores tão baixos de alojamento como quando ficávamos em alojamentos partilhados, e também não permite ficar em ryokans onde os vários futons se estendem na mesma divisão de tatami. Mas, por outro lado, proporciona conforto, privacidade, e sobretudo muito menor probabilidade de afectar a saúde de cada um dos viajantes. Igualmente motivados por recomendações de saúde pública, incluímos a obrigatoriedade de um seguro de saúde em viagem (não é só um seguro “de viagem”) e portanto no orçamento de despesa prevista já está esse valor médio. Não têm de o fazer com uma companhia específica, nós recomendamos várias, mas sem prova de seguro feito não se pode incluir na viagem.

Outra modificação considerável em relação ao que era habitual é o facto de o grupo se constituir por 5 pessoas, nem mais nem menos (em vez de 10 como nos anos anteriores). Iremos realizar a viagem se tivermos 5 pessoas que reúnam as condições que se seguem: concordarem com todos os termos do programa e do funcionamento da viagem, serem membros do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico, participarem nas acções de formação e preparação anteriores à visita ao Japão e demonstrarem estar aptos para integrar o grupo. Esta não é uma viagem de turismo, e por isso não é por desejarem integrar o programa que iremos admitir uma pessoa. Este ano, mais do que nunca, vamos insistir na necessidade de o potencial viajante demonstrar adequação aos objectivos da experiência e concordância com os termos da sua realização.

Naturalmente, a realização deste programa depende essencialmente de três pontos: o governo do Japão reabrir as suas fronteiras para os estrangeiros com visto de curta duração (no qual se incluí o de turismo), não existir a obrigatoriedade de uma quarentena à chegada, estas duas condições estarem asseguradas até (no máximo) ao mês de Setembro.

O nosso programa de visita ao Japão deste ano começa a 29 de Outubro, com voo a partir de Lisboa. O regresso a Portugal será a 18 de Novembro. Este é um programa de 21 dias!

Os locais de visita serão: Nagasaki, Karatsu, Fukuoka, Osaka, Kyoto, Nara, Fuji, Kamakura, Yokohama e Tokyo.

Ao longo do percurso teremos oportunidade de assistir a um Matsuri (Festival), realizar uma formação sobre Cerimónia do Chá e Doces Wagashi, desfrutar de onsen (termas), ficar uma noite num “capsule-hotel”, fazer caminhadas em florestas coloridas pela folhagem vermelha, passear no sopé do monte Fuji, conhecer ao pormenor o impacto da presença portuguesa no Japão antigo, aprofundar temas já trabalhados nos nossos cursos de Análise Social do Japão Contemporâneo, visitar alguns dos monumentos mais emblemáticos do património cultural japonês e, sempre que possível, beneficiar do contacto próximo com os nossos parceiros (locais). Devido aos temas abordados e às características de esforço físico de alguns dos percursos, consideramos que o mais adequado é que os participantes tenham pelo menos 20 anos de idade e, independentemente da maturidade, se considerem em boa forma física e com grande capacidade de adaptação.

Para uma despesa prevista de cinco mil euros por pessoa, levámos em consideração:

  • o voo internacional de ida e volta;
  • seguro de saúde em viagem;
  • JR pass;
  • wifi;
  • transportes locais e outros;
  • visitas-guiadas/workshops/bilhetes de entrada em atracções;
  • acompanhamento e conteúdos pedagógicos em língua portuguesa durante toda a viagem;
  • alojamento com pequeno-almoço (nem sempre servido no alojamento, mas sempre incluído).

Não está prevista nesta estimativa a despesa das refeições principais (almoço e jantar), as quais serão sempre da escolha de cada um (podemos dar recomendações apenas), bem como as despesas que se façam em “tempos livres” (fora dos tempos de percurso acompanhado), compras, etc.

O primeiro passo para poder desfrutar desta oportunidade de mergulhar nos Estudos Japoneses in situ e conhecer o Japão real, num programa de visita de estudo e lazer, é juntar-se ao Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal. Terá ao seu dispor todas as orientações necessárias para reserva de voos e demais serviços, directamente na sua origem, sem intermediários e sem qualquer tarifa pelos serviços de consultoria personalizada para o planeamento de viagem (que são dados a título gratuito por via do Projecto Cultural e Pedagógico). Por uma questão de eficiência logística, os alojamentos e algumas outras marcações e reservas serão mesmo feitas por nós.

Já sabe, pode contactar-nos por email: umlongoveraonojapao@gmail.com ; ou através da nossa página de facebook, em nome do Projecto Cultural e Pedagógico Japão & Portugal.

Benefícios do Clube Privado

No início do ano lectivo, em Setembro, fomos confrontados com uma escolha difícil. Pela primeira vez desde o início do Projecto Cultural e Pedagógico Japão e Portugal (primeiramente designado “Um longo Verão no Japão”, como este blogue) escolhemos não abrir nenhum programa de aulas, workshops ou ciclos de conferências. Isto prende-se com o facto de a pandemia ainda não estar sob controle no nosso país e com o facto de assumirmos a responsabilidade de não promover comportamentos de risco.

Infelizmente os nossos receios vieram a comprovar-se, já que os meses de Outubro e Novembro vieram a revelar um aumento do número de fatalidades e surtos. Se nos tivéssemos comprometido com o habitual aluguer de espaços para as nossas sessões, ou com a aquisição de materiais pedagógicos e parcerias com professores, seria simplesmente impossível fazer face a essas despesas e o projecto estaria condenado a encerrar definitivamente. Assim, devido à nossa prudência, conseguimos pelo menos continuar a existir em teoria, aguardando melhores dias para retomar as actividades habituais. Entretanto, sem nenhuma actividade presencial, nenhuma participação em eventos culturais de outras organizações, e nenhuma possibilidade de angariação de fundos, mesmo as despesas fixas mínimas tornaram-se muito difíceis de cobrir. Por isso, em Outubro, abrimos uma nova frente: o Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico. Aí, em formato virtual, temos feito os sorteios de prendas do Japão, temos colocado os recursos de aprendizagem de língua e cultura japonesa, os livros em PDF, os links para conteúdos relevantes para todos os nipófilos, e é também através do Clube que realizamos o lançamento das formações online, os directos, os webinars e as parcerias.

Portanto, o Clube está a constituir-se cada vez mais como a via de substituição virtual dos nossos conteúdos pedagógicos, para além de ser uma comunidade privada onde cada um dos seus membros pode estar à vontade para partilhar as suas experiências, falar de como foi ir connosco ao Japão, colocar questões e sugestões, ou participar gratuitamente nos webinars. O Clube funciona como um grupo privado da rede social Facebook, pelo que requer que os seus membros tenham conta de Facebook para aderir. Contudo, não desejamos excluir ninguém, e por isso – mesmo que não tenha conta de Facebook – se desejar ter acesso aos conteúdos do Clube (embora sem a parte da interacção) é perfeitamente possível contactar-nos nesse sentido e passarmos a enviar-lhe os conteúdos por email.

Escreva-nos para umlongoveraonojapao@gmail.com se não tem conta de Facebook mas gostaria de saber como beneficiar de ser membro do Clube.

Com efeito, a entrada para o Clube requer o compromisso de aderir às regras de funcionamento do mesmo e a disponibilidade de contribuir voluntariamente para a disseminação dos valores deste Projecto, bem como o donativo benemérito definido para o estatuto de membro. Esse donativo benemérito, que até 25 de Janeiro de 2021 se resume a 40 euros, ajuda-nos a cobrir despesas como a anuidade de pagamento de cota em entidades oficiais que certificam a nossa legitimidade e áreas de actuação, nomeadamente como entidade de educação e como entidade de consultoria e serviço nas áreas do turismo cultural no Japão, e também o pagamento das despesas inerentes ao registo de domínio próprio, caixa-postal, armazém para os recursos e materiais pedagógicos (que agora não podem ser usados), entre outros.

Para todos os nossos leitores poderem ter conhecimento das regras de funcionamento do Clube (como grupo do Facebook), colocamos aqui em baixo a transcrição das mesmas.

1 – Sem vendas, publicidade ou SPAM:

Neste grupo há espaço para cada pessoa ser inteiramente e livremente o que é, e isso passa por mostrar o que faz, quais as suas paixões. Contudo, sem vendas, publicidade ou spam.

2 – Sem racismo ou xenofobia:

Acreditamos que as “diferenças” são espaços para aprendizagem, que o “diferente” é curiosidade com potencial de descoberta. Neste grupo nenhuma forma de racismo ou xenofobia é aceitável.

3 – Sem empresas ou perfis-parasitas:

Sabemos que empresas e perfis-parasitas, cujo único objectivo é colonizar grupos e páginas são infelizmente muito comuns das redes sociais. Não são admitidos aqui neste grupo.

4 – Sem assédio ou imoralidade:

As fronteiras de confiança /conforto de cada um são algo muito fluído, podem ser mais amplas para uma pessoa e mais curtas para outra. Por esse motivo jogamos pelo seguro. Seja atencioso/a.

5 – Sem invasão de privacidade:

O grupo é privado por um motivo: não exponha os posts, imagens, vídeos ou outros conteúdos dos seus membros. Para este fórum ser livre e seguro todos devem comprometer-se a respeitar a privacidade.

Para além das regras em si mesmas, segundo as quais cada um dos candidatos pode ser incluído ou excluído do Clube, foram estipulados também dois princípios fundamentais:

1- Ser colaborador, voluntário ou contribuidor benemérito para o Projecto Cultural e Pedagógico Japão & Portugal e, de forma directa, contribuir para suportar, divulgar e apoiar as suas actividades, bem como as actividades da sua autora no que diz respeito à promoção da relação amistosa e cordial entre portugueses e japoneses, nomeadamente na esfera da cultura, arte, turismo e educação;

2 – Aceitar que todas as interações dentro deste grupo ou entre os membros deste grupo, mesmo fora da dimensão virtual, deverão ser norteadas pela adequação, cordialidade, respeito e valorização das especificidades cultuais de cada país / povo, não sendo de todo aceitável qualquer vestígio de agressividade ou intolerância entre os membros.

Até ao momento presente já foram realizadas as seguintes actividades (virtualmente) no Clube:

> Sorteio de caixas-presente de “souvenirs” do Japão. Três caixas-presente foram sorteadas entre os membros que entraram para o Clube até ao fim do mês de Outubro e foram enviadas para as suas residências por correio.

> Acesso a vários livros, dicionários e outros materiais pedagógicos com conteúdos relevantes para a aprendizagem da língua japonesa, e também livros de nutrição e receitas, artigos sobre história e arqueologia, todos em formato PDF, exclusivos para os membros do Clube.

> Anúncio antecipado (antes dos outros canais de divulgação) dos webinars e outras formações online, e acesso à chave de entrada nos mesmos, sem quaisquer custos ou limitação de data de inscrição.

Futuramente, pese embora o acesso ao Clube esteja sempre em aberto, as condições para entrada na qualidade de membro benemérito sofrerão ligeiras alterações, nomeadamente o valor mínimo de contribuição para a adesão permanente. Proporcionalmente, os recursos para os membros do Clube serão também mais desenvolvidos, com a previsão de entrada de mais recursos pedagógicos (em PDF), directos, webinars e outras formas de estarmos em contacto e em aprendizagem online.

Uma vez que o Governo do Japão anunciou recentemente o seu plano de vir a permitir a entrada de visitantes estrangeiros por curta duração a partir do Verão de 2021, esperamos que venha a ser possível retomar os nossos programas de visita ao Japão a partir do segundo semestre do próximo ano, pelo que os membros do Clube também virão a beneficiar de serviços tais como a consultoria especializada para a criação de itinerário de viagem e/ou a integração nos nossos grupos de visita cultural ao Japão (à semelhança do que já realizámos em anos anteriores).

Entretanto, para além da nossa plataforma no Facebook, que incluí a página em nome do Projecto e agora também o grupo do Clube Privado, os nossos leitores/seguidores podem também contar com o canal de Youtube. Neste canal têm sido colocados vários tutoriais, vlogs e entrevistas, incluindo entrevistas a amigos e colaboradores que estão no Japão, pelo que é um canal que nos permite estar mais próximos uns dos outros mesmo nestes tempos conturbados e imprevisíveis.

Em baixo indicamos três temáticas que temos trabalhado mais ultimamente (cada um dos links irá direccionar para uma lista de reprodução, contendo vários vídeos cada):

Rotas e Caminhos do Japão Antigo (até à data, 5 vídeos)

“À Conversa com…” – entrevistas e conversas com amigos e colaboradores, entre Portugal e o Japão. Lista com mais de 15 vídeos.

O que não pode perder! Dicas daquilo que não vai encontrar na maioria dos pacotes de turismo das agências de viagens. (até agora, 5 vídeos)