Manual para estudantes que querem ir ao Japão : Parte 1

A partir de Março de 2022 o Governo Japonês reabriu as fronteiras para os estudantes internacionais. Note-se que as fronteiras estavam fechadas para os estudantes não-japoneses desde Março de 2020, por isso há dois anos!!! Com esta boa notícia naturalmente os estudantes de todo o mundo voltaram a ter esperança de poderem passar um semestre (ou mais) no país do sol-nascente.

Contudo, estes dois anos de Covid mudaram muita coisa, e por isso sentimos que devemos criar conteúdos que possam ajudar os estudantes a preparar a sua eventual estadia no Japão, a adaptar-se melhor enquanto lá estão, e a aproveitar bem a sua experiência para dela tirar o melhor partido, tanto ao nível académico como ao nível de desenvolvimento pessoal.

A cobertura mediática foi intensa quando, no final de Fevereiro, foram anunciadas as novas medidas de controlo de fronteira que se aplicam a quem entra com um visto de estudante. A pressão da comunidade internacional atingiu um nível muito alto, pois durante dois anos os estudantes legitimamente inscritos em Universidades japonesas, e também os investigadores e colaboradores de projectos académicos, estiveram impedidos de entrar no país.

Neste post vamos focar-nos em dois pontos: a necessidade de aprendizagem da língua japonesa ANTES de ir para o Japão e a necessidade de criar contactos de confiança ANTES de ir para o Japão.

Com efeito, e para além das burocracias de vistos e processos de candidatura, aqueles que desejam viver uma parte dos seus “anos de estudante” no Japão por vezes não estão em pleno conhecimento de como é realmente ser estudante no Japão. Por esse motivo queremos salientar que é importante dispor de , no mínimo dos mínimos, um ano inteiro, antes de avançar com os passos concretos para ir para o Japão. Esse período deveria idealmente ser de três anos, mas se existir urgência pode ser abreviado para um ano. Contudo, o encurtamento do período tem de ser acompanhado com uma intensificação dos preparativos, senão simplesmente não funciona.

Porquê esse período de preparativos?

Em primeiro lugar, é preciso aprender a língua japonesa.

Seguramente, quem tem interesse em ir para o Japão como estudante e fez uma breve pesquisa na internet, já encontrou dezenas de websites com serviços para estrangeiros, que “oferecem” possibilidades de encontrar escolas de língua japonesa para estrangeiros, alojamentos e até trabalhos em part-time para ganhar dinheiro para as despesas correntes. Apesar de serem legítimos (na maioria dos casos), esses serviços não são gratuitos e constituem um mercado de captura de capitais que não está ao serviço dos interesses do estudante, não visa a sua integração e não tem em conta a sua proveniência.

Ao invés disso, defendemos que o estudante deve focar-se em aprender sobre a língua e a cultura japonesas ANTES de iniciar o processo de ir para o Japão. Esse método funciona especialmente bem nos seguintes domínios:

  • Desenvolve uma maior apreciação e expectativas realistas, o que faz com que o efeito do “choque cultural” seja muito pequeno ou inexistente quando realmente se muda para o Japão, e assim pode aproveitar melhor a sua estadia.
  • Torna-se competente o suficiente em língua japonesa para poder aceder a boas condições de arrendamento de quarto/casa e boas condições de trabalho, em ambientes seguros e onde é possível construir relações significativas.
  • Conhece bem a realidade japonesa, ao ponto de fazer escolhas sobre o que quer estudar, onde quer viver, no que quer trabalhar, que poderão ser diferentes daquelas que inicialmente pensaria optar (porque desconstruiu equivalências falaciosas e pontos de vista centrados na mentalidade ocidental).
  • Torna-se capaz de criar um plano de vivência no Japão que está integrado nos seus objectivos de vida a curto, médio e longo prazo, de modo que a experiência seja mais significativa e tenha realmente consequências (em vez de ser apenas uma experiência curta, dispendiosa, frustrada e inconsequente).

Recomendamos dois vídeos. O primeiro é uma conversa com a Soraia, que dá as aulas de iniciação à língua japonesa no nosso Projecto Cultural. Podem conhecer melhor a Soraia e ver que, através da sua personalidade e valores de empatia, ela consegue introduzir o aluno na língua japonesa convencional, com um método que se adapta muito melhor aos estudantes portugueses do que o ensino da língua japonesa nas escolas japonesas para estrangeiros. É importante esta perspectiva, centrada no perfil do aluno e nas suas necessidades. Além disso, o modelo do curso de introdução ao japonês que o Projecto Cultural criou em conjunto com a Soraia é já uma caminhada para o exame de proficiência em língua japonesa, porque introduzimos prática de conversação e o kanji (sistema de escrita de caracteres) logo deste as primeiras aulas! O segundo vídeo que recomendamos é uma gravação em directo com o Japão, no qual convidámos o Sr. Ogura para nos falar do serviço de recepção aos estudantes estrangeiros (gratuito) que ele coordena na sua paróquia em Shinjuku (Tokyo). É importante para quem chega ao Japão, e especialmente a uma cidade grande como Tokyo, ter um contacto prévio, de preferência fluente em inglês ou outra língua que não seja só o japonês, e muitas vezes esse papel recai em comunidades paroquiais ou associações sem fins lucrativos, já que nem as Universidades nem os serviços governamentais são especialmente vocacionados para bem-receber os estrangeiros. Não devemos nunca desvalorizar os efeitos da distância, saudade e solidão, e é realmente prioritário criar condições para um acolhimento que preserve a saúde mental do estudante deslocado.

Em breve iremos publicar a “parte 2” deste Manual para Estudantes que querem ir ao Japão, fiquem atentos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s