“Shinrin-yoku”, ou como ficar mais feliz no meio do verde !

Sabia que a imersão numa floresta ou reserva natural se traduz em melhorias de saúde comprovadas pela ciência? (Algo que é cada vez mais do interesse da comunidade cientifica internacional!)

E sabia que os japoneses têm uma palavra para isso?

“Shinrin-yoku” entrou no vocabulário do bem-estar (wellness) ocidental há alguns anos, mas pelo meio perdeu-se qualquer coisinha na tradução. Com efeito o “shinrin-yoku” japonês não é só um banho-de-floresta casual, nem tão pouco a ideia de “desfrutar” da mesma. Na tradição japonesa, enraizada no shintoismo, reconhece-se valor espiritual a todas as coisas do mundo natural, viventes e não viventes, pelo que o banho-de-floresta é uma relação necessariamente simbiótica e também purificadora. Ao ser humano, mais do que “tirar partido” da floresta, cabe-lhe valorizá-la, protegê-la, reconhecer que a vida brota da natureza em si. Consequentemente, o ser humano colhe então todas as vantagens de um rejuvenescimento, físico, mental e espiritual. Quanto mais o ser humano de re-orienta para a natureza, entre outras coisas através dos banhos-de-floresta, mais enriquecida se torna a sua vida, e também melhor está a sua saúde. A isto chamaram os japoneses shinrin-yoku.

Na actividade “Shinrin-yoku” que vamos realizar no dia 14 de Novembro, os participantes ficarão a conhecer uma bio-reserva criada em Portugal pela Associação Não Governamental Ambiental “Mil Voz Natureza”, a qual se constituiu como Associação sem fins lucrativos em 2019 e tem, desde então, criado uma rede de bio-reservas e áreas protegidas na floresta nativa portuguesa. Ao ser guiado por este espaço, ficará a compreender o valor ecológico das espécies vegetais e animais que o habitam e poderá participar em alguns dos trabalhos de manutenção da mesma. Estes, de actividade ligeira, são sempre orientados pelos membros da Mil Voz Natureza, e destinam-se a garantir a segurança e sustentabilidade das secções da reserva que são visitáveis pelo público geral.

Para participar neste evento deverá confirmar o seu estatuto de associado da Mil Voz Natureza e também submeter o formulário de inscrição: https://forms.gle/MWhm9rFQwhaooovf8 .

A participação é gratuita e é orientada para associados da Mil Voz Natureza. Não sócios poderão aceder a este evento caso os lugares não se encontrem esgotados 8 dias antes do mesmo.

O ponto de encontro será indicado por email , depois de submeter o formulário de inscrição. Poderá ainda beneficiar de um sistema de boleias a partir do centro de Coimbra.

Como usar o matcha em receitas?

Nesta formação online vamos demonstrar como o matcha (pó de chá verde) pode ser usado em receitas de comida e de doces, com grandes vantagens para a saúde, pois o matcha é um dos “super alimentos” mais benéficos do mundo!

No Japão, o matcha é usado há centenas de anos, mas só no século XX começou a ser amplamente integrado na indústria alimentar, enriquecendo massas, pães, bolos e todo o tipo de receitas. Se bem que o seu uso é versátil, há algumas particularidades a ter em conta. E vamos falar (e mostrar) tudo isso nesta sessão.

Para ter acesso a esta sessão não é necessário efectuar pré-inscrição nem pagamento, mas esta é uma sessão exclusiva para aqueles que já realizaram a formação de 4 workshops de gastronomia japonesa (a qual terminou no dia 3 de Outubro) e para os membros do Clube Privado do Projecto Cultural e Pedagógico Japão & Portugal.

Na plataforma de partilha de dados – que é privada e apenas acessível aos membros do Clube – serão partilhados os dados de acesso para aceder online. Os participantes nos workshops de gastronomia japonesa de Setembro e Outubro receberão os dados de acesso pelo email que registaram aquando da inscrição nessa formação. Todos receberão também uma lista de ingredientes indispensáveis às receitas que vamos tratar durante o workshop, para o caso de quererem ter os ingredientes à mão e preparar em directo (o que não é obrigatório).

A realizar dia 16 de Outubro (sábado), ao meio-dia.

Evento no FB:. https://fb.me/e/14rtxcckK

À Conversa com… Marta Castro – apoio a expatriados / estrangeiros residentes no Japão

Desta vez o “à conversa com” foi com a Marta, que vive no Japão e que, neste momento, está dedicada a ajudar os expatriados – como ela – a adaptarem-se o melhor possível. Veja o vídeo no link abaixo ou directamente no canal de Youtube associado a este projecto cultural e pedagógico. Se subscrever o canal e activar as notificaçóes (sininho) fica sempre a par de novas publicações, oferta de cursos e workshops, entrevistas, e informações sobre património cultural, viagens e turismo no Japão.

Para contactar a Marta e usufruir dos seus serviços de apoio a expatriados e residentes estrangeiros no Japão, consulte as redes sociais e canais apresentados no final do vídeo.